Unifebe Vargas TEVAH

Dilma cai na Câmara dos Deputados e brusquenses assistem de camarote

Mobilização ocorreu na Praça Sesquicentenário;

Foto: Agência Brasil -

Foto: Agência Brasil –

Brusque – Enquanto a Câmara dos Deputados fez, em Brasília, a sessão mais prolongada da Era Republicana, com mais de 43 horas ininterruptas, a fim de decidir a votação que daria início ou não ao Impeachment da presidente Dilma Rousseff, centenas de pessoas acompanharam “de camarote”, em Brusque, o pleito que sacramentou a largada do processo.

O encontro foi organizado pelo movimento Brusque Contra a Corrupção, na Praça Sesquicentenário, defronte a Prefeitura de Brusque. Foi lá que um grande telão foi montado para que a população contrária ao governo petista pudesse acompanhar toda a votação, que começou pela manhã e terminou no fim de noite deste domingo, 17 de abril. A cada deputado que votava favoravelmente ao impedimento, muitos aplaudiam. As vaias vinham quando algum parlamentar defendia o governo, utilizando o desgastado chavão “não vai ter golpe”.

Frenesi total se deu quando a longa sessão terminou com o resultado de 367 votos a favor, contra 137 contra o Impeachment. O deputado federal tucano Bruno Araújo (PSDB-PE) foi quem garantiu a vitória do sim, arrancando aplausos, gritos e, também, emoção de alguns presentes.

Está previsto mais uma mobilização do grupo pró-impeachment para quando o processo for votado no Senado Federal.

por Wilson Schmidt Junior

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.