Unifebe Vargas Neni TEVAH

Com família presente, Quito assume lugar na Câmara

Em seu pronunciamento, o político agradeceu a confiança dos eleitores;

QUITO (800x533)

Foto: Câmara de Brusque –

Brusque – Cinco minutos de agradecimentos, demonstrações de carinho com seus eleitores e promessas de comprometimento. Foi assim que começou mais uma legislatura do ex-secretário de Turismo e agora vereador Norberto Maestri (PMDB). O Quito, como é mais conhecido pela população, atuou no primeiro escalão do governo do ex-prefeito Paulo Roberto Eccel (PT). Como ele e Evandro de Farias (PP), o Farinha, foram cassados, ele assumiu o seu lugar de primeiro suplente na Câmara de Vereadores de Brusque, no lugar de Célio de Souza (PMDB), segundo suplente.

A cadeira oficialmente pertence a Joaquim Costa (PMDB), o Manico. Porém, o político da Rua Nova Trento continua exercendo a função de diretor na secretaria de Obras no município, também na gestão interina de Roberto Pedro Prudêncio Neto (PSD), prefeito da cidade.

Estiveram presentes vários familiares de Quito que, emocionados, assistiram o seu primeiro pronunciamento, o de boas-vindas. “Juntamente com os nobres vereadores, quero formar nesta casa um novo aprendizado. Ser conhecedor de uma política que se pauta pela ansiedade do povo. Peço a Deus, ao nosso Jesus e ao Espírito Santo que nos conceda muita sabedoria, inteligência e discernimento para que a justiça e a democracia possam ser exercidas com êxito e respeito”, afirmou o político no plenário.

por Wilson Schmidt Junior

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.