Unifebe Vargas TEVAH

Ciro é novamente afastado da chefia de gabinete

Ministério Público Federal (MPF) pediu execução provisória de pena que havia sido aplicada ao político em processo criminal;

Foto: Alesc -

Foto: Alesc –

Brusque – Ciro Marcial Roza (PSB) contabiliza mais um revés político no ano de 2017. Pouco depois das 23h desta quinta-feira, 9 de fevereiro, decisão do Juízo Federal de Brusque determinou a suspensão de sua nomeação como chefe de gabinete da prefeitura municipal da cidade.

De acordo com a 3ª Promotoria de Justiça da Comarca de Brusque, no último dia 17 de janeiro, o Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) remeteu ao Ministério Público Federal (MPF) um ofício, solicitando a sua atuação para o fim de executar a pena que havia sido aplicada ao político em processo criminal que ocorreu na Justiça Federal e que já havia sido confirmada em primeira e segunda instâncias.

Como o processo transcorreu na esfera da Justiça Federal, somente o MPF poderia intervir para o fim de solicitar a execução da pena.

Acontece que, tão logo recebeu o despacho do MPSC, o Ministério Público Federal ajuizou pedido de execução provisória da pena de dois anos e três meses de reclusão e 40 dias-multa, cuja privação de liberdade foi substituída por restrição de direitos (prestação de serviços e prestação pecuniária equivalente a R$ 24.272,72), bem como da pena de inabilitação, pelo prazo de cinco anos, para o exercício de cargo ou função pública.

“Assim, dentre outras medidas, foi determinada a intimação do Prefeito Municipal de Brusque para o fim de que seja dado imediato cumprimento à pena de inabilitação aplicada, com o consequente afastamento de Ciro Marcial Roza de qualquer cargo ou função pública.”, descreve a nota emitida pela 3ª Promotoria de Justiça de Brusque, em sua página no Facebook.

Assim como ocorreu na primeira vez em que foi afastado, o historiador Paulo Vendelino Kons deve assumir provisoriamente o cargo até então ocupado por Roza.

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.