Unifebe Vargas

Candidatos eleitos são diplomados em Guabiruba

Cerimônia ocorreu na noite desta quinta-feira, 15 de dezembro;

Foto: divulgação -

Foto: divulgação –

Guabiruba – O prefeito Matias Kohler, o vice Valmir Zirke e os vereadores eleitos em 2016 participaram da cerimônia de diplomação dos candidatos ocorrida na tarde desta quinta-feira, 15, na Câmara Municipal de Vereadores. A solenidade foi presidida pela juíza eleitoral Clarice Ana Lanzarini e acompanhada pelo promotor eleitoral Cristiano José Gomes, comandante do 18º Batalhão de Polícia Militar, Moacir Gomes Ribeiro. Integraram a mesa de autoridades ainda o prefeito e o presidente do Legislativo, Felipe Eilert dos Santos.

Os diplomas foram entregues ao prefeito, vice e aos vereadores eleitos: Cristiano Kormann, Felipe Eilert dos Santos, Haliton Teodoro Kormann, Harry Westarb Neto, Jaime Luiz Nuss, Paulo Ricardo Gums, Rosita Kohler, Vilmar Gums e Waldemiro Dalbosco.

Em nome dos vereadores, falou Harry Westarb Neto, o candidato mais votado (798). Após os agradecimentos, o diplomado reforçou a importância da união entre as siglas partidárias. “Indiferente de partido político, vamos trabalhar junto e muito para que nosso município continue a crescer”.

Já o prefeito reforçou o compromisso com o trabalho em prol de Guabiruba. “Continuaremos pautando nossas ações na seriedade, lisura, transparência e honestidade para a construção dessa cidade que desponta cada vez mais no cenário atual”.

Cargo Passageiro. Forma de atuação eterna

Em seu discurso, a juíza eleitoral lembrou que cargo político é passageiro, mas a forma como cada um irá atuar ficará para a história.  Recomendou aos diplomados que se deixem guiar pelo interesse público e mencionou que são raras as oportunidades em que os três poderes: Executivo, Legislativo e Judiciário se encontram no mesmo ambiente. “Embora seja um poder dividido em três, trata-se de um único grande poder que emana do povo e em nome do povo deve ser exercido”, disse ela, contextualizando suas palavras no atual cenário político do país.

“Os homens públicos de bem não se intimidam com a justiça. Pelo contrário, procuram defende-la. Em qualquer sociedade civilizada é o Poder Judiciário a fronteira segura das garantias constitucionais e seus juízes as primeiras vítimas daqueles que temem as consequências de seus maus feitos e que, mais cedo ou mais tarde, também vão precisar desse mesmo judiciário, que estão tentando intimidar, para salvaguardar os seus direitos”, declarou, referindo-se à tentativa do Congresso Nacional em aprovar matérias de abuso de autoridade para o Ministério Público e Poder Judiciário.

por Assessoria de Imprensa

Publicado por Olhar do Vale

Candidatos eleitos são diplomados em Guabiruba
4.67 (93.33%) 3 votes

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.