Unifebe Brusque Vargas Têxtil

Bóca Cunha fora da Prefeitura: PP pretende recorrer da decisão de Volkmann

Informação foi repassada pelo presidente do PP Brusque, Edson Machado;

Foto: divulgação -

Foto: divulgação –

Brusque – A luta incansável pelo poder em Brusque continua. Com reviravoltas dignas das séries televisivas Game of Thrones e House of Cards, Roberto Pedro Prudêncio Neto (PSD) está de volta à chefia do Poder Executivo do município, após a Justiça Comum deferir recurso em seu favor, pedindo a suspensão da candidatura de Bóca Cunha (PP) e Rolf Kaestner (PP), ambos eleitos na eleição indireta do último domingo, 5 de junho.

E foi com o apoio da Polícia Militar que Prudêncio e seus fieis escudeiros na militância política voltaram ao gabinete da Prefeitura de Brusque, para salvaguardar a integridade física de todos que estavam no local, muitos com os nervos à flor da pele. Pudera: é a quarta troca de prefeito em menos de quatro anos. Em posse da notificação feita por um Oficial de Justiça do Fórum da Comarca de Brusque, Prudêncio volta.

À imprensa regional, o presidente do Partido Progressista de Brusque, Edson Machado, afirmou que irá recorrer da decisão. “A partir deste sábado nossos advogados já estarão trabalhando em um recurso para reverter essa decisão no Tribunal de Justiça de Santa Catarina”, disse.

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.