Unifebe Vargas Câmara

ACIBr e CDL entregam reivindicações ao prefeito de Brusque

Os presidentes da Associação Empresarial de Brusque, Halisson Habitzreuter, e da Câmara de Dirigentes Lojistas de Brusque, Michel Gartner Belli, reuniram-se com o prefeito de Brusque, Jonas Oscar Paegle na tarde desta quarta-feira, 27 de setembro, momento em que entregaram dois ofícios assinados por ambas as entidades, solicitando melhorias em diversas áreas.

Na oportunidade, os presidentes das entidades foram recebidos pelo prefeito Jonas e pelo diretor-geral de gabinete, Dirceu Marchiori, momento em que puderam explicar melhor as reivindicações apresentadas e solicitar o apoio da prefeitura.

Um dos ofícios trouxe as dificuldades enfrentadas pelo 17º Núcleo Regional de Perícias – IGP/IML de Brusque e as entidades reivindicaram uma atenção especial e empenho da administração municipal, em buscar junto ao governo do estado, soluções para minimizar ou resolver os problemas que vêm ocorrendo, em especial na liberação de corpos necropsiados pelo IML – Instituto Médico Legal. Atualmente o 17º Núcleo atende além de Brusque, os municípios de Guabiruba, Botuverá, Nova Trento, São João Batista e Major Gercino, e está necessitando urgentemente de reforço no seu quadro de servidores. No momento o órgão conta apenas com um perito médico legista; dois auxiliares de medicina legal; dois peritos criminais, quatro auxiliares de criminalística, e estagiários que auxiliam na parte administrativa/burocrática.

Segundo o presidente da ACIBr, está previsto para este segundo semestre de 2017, a realização de um Concurso Público e a entidade solicita apoio da Prefeitura de Brusque para reivindicar junto ao Governo do Estado, Secretaria de Estado da Segurança Pública e Diretoria Geral do IGP – Instituto Geral de Perícias/SC, uma atenção especial para Brusque na hora da distribuição dos concursados.

Além disso, conforme o ofício entregue ao prefeito, outra questão seria a manutenção do prédio onde hoje está instalado o 17º Núcleo. A necessidade estrutural mais urgente no momento seria uma reforma na Sala de Necropsias do IML, que abrangeria reparos no telhado (goteiras), colocação de forro, rebaixo e substituição da iluminação atual (fluorescentes por luminárias de LED), troca do revestimento cerâmico das paredes e reparos em fissuras na calha de escoamento de água da mesa de necropsias. O prédio do Núcleo Regional de Perícias de Brusque, que também conta consultório e sala de espera do IML, necessita de uma revitalização, que inclui: pintura interna, troca de luminárias, mobiliário e manutenção dos aparelhos de ar condicionado. A parte externa necessita da troca de holofotes no pátio, colocação de lixeiras seletoras, além da instalação de bancos para os usuários aguardarem sentados a liberação dos procedimentos efetuados pelo órgão.

“Solicitamos mais um médico para colaborar com o atual médico legista, até que seja designado um profissional pelo novo concurso. E também pedimos que a prefeitura analise a possibilidade de realizar uma manutenção na estrutura física no IML de Brusque”, comentou Habitzreuter na ocasião.

O prefeito ressaltou que vai analisar a questão e que, se for necessário, solicitará recursos ao governo do estado. “O assunto é muito pertinente, pois envolve o IML, sua estrutura física e a parte administrativa e de medicina legal. Tudo isso é fundamental. Sabe-se que eles estão em um prédio antigo do DER, em uma situação precária, e nós vamos estudar a possibilidade de uma revitalização do local, como também a questão dos funcionários, porque o médico que atendia lá, fazia as necropsias dos pacientes de Brusque, se aposentou. Como o IML pertence ao Estado, não ao município, precisamos ver com cuidado o investimento nessa área. Vamos estudar tudo isso e se for preciso vamos até a capital bater na porta do governador, para trazer recursos para revitalizar o IML de Brusque e a parte funcional-administrativa”, garantiu Dr. Jonas.

 

Demais reivindicações

O segundo ofício entregue pelas entidades são demandas dos seguintes Núcleos Setoriais da ACIBr: Corretores e Imobiliárias, Laboratórios de Análises Clínicas, Construtoras e Empresas Contábeis. Foram muitas as reivindicações, entre elas está a questão da emissão de guias do ITBI; minoração do percentual do ITBI; guichê destinado exclusivamente ao atendimento das imobiliárias e dos corretores de imóveis; a possibilidade do Núcleo das Imobiliárias e Corretores de Imóveis de Brusque participar da análise quanto à inclusão do georreferenciamento junto aos cadastros imobiliários; e a proposta dos laboratórios credenciados de atenderem toda a demanda de exames clínicos da cidade, o que geraria uma economia estimada de R$ 277 mil por ano aos cofres públicos. Segundo o prefeito, todos os assuntos serão estudados pelas respectivas secretarias. “Já estão ocorrendo reuniões entre contadores de Brusque, através do Núcleo da ACIBr e o pessoal da contabilidade da prefeitura sobre a abertura de empresas. E há um interesse nosso em ampliar estes estudos para outras questões, para poder administrarmos de uma maneira adequada e sintonizada”, enfatizou.

O presidente da ACIBr, Halisson Habitzreuter,  classificou o encontro como positivo e espera que as entidades sejam atendidas em suas demandas. “Nós temos como norte, reivindicações dos nossos associados, dos núcleos e da própria entidade e hoje viemos à prefeitura para reforçar alguns pontos já trazidos anteriormente. Chegamos ao consenso de que a política agora está mudando e precisamos entender ela como uma política participativa, onde as entidades, a população participa efetivamente da vida pública, da administração do nosso município. Para que isso aconteça é importante que o município esteja aberto e foi isso o que aconteceu hoje. A prefeitura está aberta às nossas sugestões, à nossa participação. Ficou acordada a criação de grupos de estudos para darmos andamento aos entraves que apontamos na questão da tributação, para que juntamente com a prefeitura, nós consigamos trazer melhorias para nossa cidade, melhorias para a classe empresarial e para a população”, avaliou.

O mesmo foi ressaltado pelo presidente da CDL Brusque, Michel Belli. “Vemos que a prefeitura está sempre disposta em auxiliar no que é possível e atender os pleitos das entidades. Assim como a CDL e a ACIBr sempre têm ideias relacionadas aos seus associados, empresários e empreendedores da cidade, quando levamos esses pedidos à administração municipal, vemos que eles estão sempre solícitos e prontos para nos auxiliar. Inclusive hoje já podemos ver que foram montados grupos de estudos acerca de aspectos tributários que o Núcleo da ACIBr está reivindicando, então a celeridade será muito grande para solucionar esses problemas e diminuir essas dúvidas. A prefeitura, com essa abertura que está dando, só tende a unir forças com as entidades para melhorarmos o bem comum e caminharmos para uma economia mais sólida e forte”, complementou.

Também participaram do encontro o coordenador do Núcleo de Empresas Contábeis ACIBr, André Klabunde e o diretor executivo da entidade, Cândido Horário Godoy.

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.