Unifebe Vargas

TSE: recursos de Paulo e Farinha entram novamente em pauta; mandado de segurança do Solidariedade também será julgado

A expectativa é que a cidade tenha, de uma vez por todas, seu futuro político definido;

Foto: divulgação -

Foto: divulgação –

Brasília – A novela envolvendo o futuro político de Brusque tem mais um capítulo no próximo dia 7 de abril, uma quinta-feira. Aparecem novamente em pauta o julgamento dos recursos apresentados pela defesa de Paulo Roberto Eccel (PT) e Evandro de Farias (PP), o Farinha. Também está marcado para ocorrer o julgamento do mandado de segurança do diretório municipal do Partido Solidariedade (SD), que pede por eleições diretas em caso da manutenção da condenação.

Apesar disso, não se sabe se, a exemplo dos últimos acontecimentos, as matérias permanecerão na lista dos temas da sessão plenária, já que por várias vezes os recursos foram retirados sumariamente de pauta. Em outras vezes, a procrastinação ocorreu por conta de inúmeros pedidos de vista.

Paulo e Farinha, ex-prefeito e vice de Brusque, respectivamente, foram retirados de seus cargos em março de 2015 por abuso de poder político e econômico. Desde então, a cidade vem sendo governada de maneira interina por Roberto Pedro Prudêncio Neto (PSD). Os recursos de ambos já entraram em pauta no TSE por diversas vezes. Apesar disso, inúmeras retiradas de pauta e pedidos de vistas têm postergado uma decisão definitiva sobre o futuro político da cidade.

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.