Três alunos da mesma escola de idiomas são aprovados em intercâmbio Brasil-Alemanha


Aprender um novo idioma, principalmente o inglês pode abrir muitas portas. Dizem até que sorte não existe, o que existe é o encontro da preparação com a oportunidade, ou seja, se você estiver preparado e a oportunidade aparecer, ela é conquistada.

E foi o que aconteceu com três estudantes da KNN Idiomas de Brusque. Eles foram alguns dos selecionados para um intercâmbio cultural entre Brasil e Alemanha. Inclusive, eles viajaram no último domingo (10) para lá e permanecerão por dez dias. A KNN conquistou três das quatro vagas masculinas de todo o processo.

O chamamento para participar da seleção aconteceu por editais das prefeituras de Brusque Guabiruba.

Publicidade

Para a seleção de Brusque puderam participar jovens de 15 a 18 anos regularmente matriculados no ensino médio da rede pública municipal, estadual e cursos técnicos, residentes e matriculados em Brusque.  Foram selecionados quatro estudantes, dois do sexo masculino e dois do sexo feminino. Um dos estudantes escolhidos em Brusque faz inglês na KNN Idiomas. Trata-se de Murilo Sbardelatti, de 16 anos. Ele mora no bairro Ponta Russa, é aluno da Escola João XXIII e estuda o idioma há dois anos e meio. As despesas serão pagas integralmente pela Prefeitura de Brusque.

Como Brusque, a Prefeitura de Guabiruba também realizou a seleção para os  estudantes para o Intercâmbio Cultural Brasil Alemanha. Puderam participar jovens de 15 a 18 anos regularmente matriculados no ensino médio da rede pública municipal, estadual, cursos técnicos, e curso de Língua Alemã da Fundação Cultural de Guabiruba.  Foram selecionados dois alunos e duas alunas. Os dois alunos selecionados estudam na KNN Idiomas. São eles: Elivelton Reichert, de 17 anos, morador do bairro Aymoré e faz inglês há um ano e dez meses e Igor Carminatti, de 18 anos, morador do bairro São Pedro e faz inglês há três anos.  Eles receberam um subsídio de 50% da viagem pela Prefeitura de Guabiruba. Vale destacar que os alunos concorrerão com alguns estudantes que tinham já oito anos de estudo do idioma, segundo o trio.

Sobre o Intercâmbio

O projeto de Intercâmbio Cultural Brasil Alemanha iniciou em 2012 com Brusque e em 2014, Guabiruba, que é Co-irmã de Karlsdorf, passou a integrar o intercâmbio cultural, que consiste na troca de experiências entre os estudantes. Os brasileiros ficam hospedados nas residências dos alemães e em seguida recebem nas suas casas que lhes acolheu.

A emoção de estar entre os selecionados selecionados

Este três adolescentes terão muitas histórias para contar. Afinal de contas, vão participar de uma imersão cultural de dez dias acompanhados de um professor de língua estrangeira. Poderão praticar o inglês, que é a língua universal e adicionar aos seus currículos uma viagem internacional assim, bem cedo. É a primeira viagem dos três para fora do país.

E os três tem algo em comum: estudam na mesma escola de inglês.  Murilo Sbardelatti conta que conheceu a KNN quando a equipe foi fazer uma divulgação na escola onde ele estuda: “Eu gostei muito do ambiente e dos professores. Além disso, a metodologia também me agradou muito”, revela.

E conta que apesar de estar nervoso na hora de participar do processo, que foi um teste oral em inglês  e a prova escrita também em inglês ele estava seguro por ter tido uma preparação. ” É íncrivel, pois através do inglês eu pude viajar para a Alemanha. Se eu não tivesse feito o inglês e me saído bem na prova, eu jamais poderia arcar com os custos de uma viagem para a Alemanha”, afirma.

Outro selecionado, Igor Carminati também conheceu a KNN após ter ido em várias escolas. “Eu fui em várias escolas e eu gostei muito da aula experimental que eu tive na KNN. É um método fácil de entender e os professores praticam bastante a fala com os alunos”.

E no dia Igor afirmou que estava ansioso, mas a prova eu não achei difícil. Eu tentei me manter muito confiante. Minha professora na knn me incentivou muito”, conta.

Já Elivelton Reichert tinha a sua última chance neste ano em função da idade, mas conseguiu. Conta que estava inseguro, mas encarou o desafio. No outro dia eu estava na escola e minha mãe ligou e avisou. É muito interessante, pois minha família tem descendência em alemã. Eu reconheço a importância de estudar inglês. O método é muito bom.

A expectativa dos três é de crescimento. Todos concordam que foi uma oportunidade incrível que só foi possível graças ao conhecimento que eles adquiriram no inglês.

“É o primeiro passo para eu contar essa história para os meus netos”, diz Elivelton. Todos riem animados pela viagem.

A metodologia

Com grande aproveitamento neste processo seletivo, uma pergunta precisa ser respondida: Que método é esse que fez com que os alunos da KNN tivessem destaque ao serem aprovados para o intercâmbio. Por isso, a reportagem do Olhar do Vale conversou com o coordenador pedagógico da escola Gabriel Cavalheiro.

Gabriel Cavalheiro – Coordenador Pedagógico

Gabriel comenta inicialmente o trabalho que os professores fazem com os alunos: “a gente está tentando fazer com que os nossos alunos aprendam da melhor maneira possível. Sempre damos dicas tanto para viajar ou para conseguir melhor emprego com o inglês e quando eles conseguem a gente  sente um orgulho que não tem tamanho. Eu estou mais empolgado que eles!”, afirma.

 

 

Metodologia

O coordenador revela que o resultado se deve a dois fatores: Primeiro aos alunos que se dedicaram no estudo do novo idioma e em segundo a metodologia da escola que, segundo Gabriel, foi desenvolvida para os brasileiros terem um rápido desenvolvimento do inglês: “Nossa metologia é fácil, natural e progressiva, ou seja, ela é natural porque a gente fez ela da mesma maneira que a gente aprende o português, ou seja, ouvindo,  depois falando e escrevendo consequentemente e isso ocorre progressivamente: A gente vai aprendendo poucas palavras até chegar na conversação. Uma metodologia feita para brasileiros”, explica.

Mais informações sobre a metodologia da KNN Idiomas podem ser obtidas pelo telefone: 3355-7702.

 

 

Olhar do Vale

Notícias de Brusque e Região.

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.