Unifebe Vargas Neni

Workshop internacional propõe ações de mobilidade sustentável em Brusque

Tornar Brusque uma cidade mais sustentável e habitável. Esse, é o objetivo do workshop internacional de mobilidade urbana “Hands on Sustainable Mobility”, realizado pela UNIFEBE em parceria com a Universidade de Karlsruhe, da Alemanha.

Para propor ações que contribuam com o desenvolvimento urbano sustentável, de 6 a 10 de novembro, acadêmicos das duas universidades trabalharão em conjunto no campus Santa Terezinha. Participam da ação dez estudantes alemães de Gestão de Tráfego, sete acadêmicos brusquenses de Arquitetura e Urbanismo e três de Engenharia Civil.

—O objetivo do workshop é discutir problemas comuns em cidades de diferentes países, como: pontos de estrangulamento, transporte público, trânsito excessivo, poluição, entre outros. Nosso intuito é desenvolver a parte da mobilidade urbana, tentar solucionar da melhor forma possível os problemas atuais, aplicando o que os estudantes aprenderam em sala de aula — explica o coordenador de Arquitetura e Urbanismo da UNIFEBE, Marcelius Oliveira de Aguiar.

Para analisar alguns itens que possam ser melhorados, o grupo de trabalho visitou na segunda-feira (6) alguns bairros e pontos estratégicos do município.

— A partir do que foi identificado, eles proporão soluções para minimizar essas questões. A gente não vai conseguir resolver o problema de uma cidade em uma semana, mas vamos discutir melhorias, alternativas, e apresentar posteriormente ao poder público o que foi debatido — explica Aguiar.

Para as intercambistas Kerstin Husse e Swenja Sawilla, a expectativa é propor novos olhares para as questões locais.

— Aqui, por exemplo, vocês têm muito mais carros nas ruas, porque todos os lugares são muito longes. Na Alemanha, nós costumamos utilizar mais bicicletas. Talvez nós possamos ajudar a cidade e aprender mais uns com os outros — esperam.

O intercambista Jonas Schmid acredita que o trabalho em equipe será recompensador.

— Que todo mundo aprenda junto, com nossas diferentes culturas, e que no fim da semana nós possamos apresentar uma proposta de projeto de mobilidade sustentável. Eu gostei da cidade, Brusque é muito agradável — destaca o intercambista Jonas Schmid.

Os intercambistas ficam no país até o fim da semana. A partir do dia 13 de novembro, a UNIFEBE recebe outra comitiva alemã, desta vez do projeto “50 parcerias municipais pelo clima”, que marcará a instalação das estações inteligentes “Smight”.

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.