Unifebe Vargas Neni TEVAH

Sinduscon de Brusque e região recebe prêmio nacional em São Paulo

Os sindicatos de Santa Catarina foram representados por 12 entidades selecionadas. Ao todo foram entregues 61 prêmios;

Foto: Everton Amaro/FIESP -

Foto: Everton Amaro/FIESP –

São Paulo/Brusque – Foi realizada na noite de quinta-feira, 17, na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP), a cerimônia de entrega do prêmio “Melhores Práticas Sindicais”, que tem como objetivo reconhecer as melhores práticas adotadas pelos sindicatos patronais na busca de seu fortalecimento e do aumento do associativismo. Foram selecionados os sindicatos pertencentes às Federações da Indústria dos Estados de Santa Catarina, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo, além do Paraná que recebeu menções honrosas.  “Temos hoje aqui, os melhores, os exemplos de que é possível criar uma indústria melhor e mais competitiva, forte, moderna e eficaz. As práticas que foram selecionadas destes sindicatos, agora são modelos  para o Brasil”, declarou o presidente da FIESP, Paulo Skaf.

Ao todo foram entregues 61 prêmios, divididos em três categorias: Comunicação, Relacionamento com o associado e programas de associativismo; Defesa Setorial e Negociação Coletiva. Santa Catarina teve 12 entidades sindicais premiadas e o Sindicato da Indústria da Construção de Brusque, Guabiruba, Botuverá e Nova Trento (Sinduscon) foi uma delas.

O Sinduscon recebeu o 3º lugar na categoria: Negociação Coletiva, pelo case de simplificação da negociação coletiva entre os sindicatos patronal e laboral. Nos últimos anos as negociações coletivas entre os sindicatos têm mantido o padrão de agilidade, com as cláusulas enviadas antecipadamente e debatidas entre as comissões fornadas em cada sindicato e quando passam ser discutidas juntas, já estão praticamente acertadas. O próximo passo, que está entre as metas das entidades, é desburocratizar todo o processo e, para que isso aconteça, os presidentes das entidades patronal e laboral, bem como suas comissões de negociação e advogados, já se reuniram e devem retirar da convenção coletiva do ano que vem, todas as cláusulas que são de direito do trabalhador por força de lei, agilizando ainda mais as tratativas que, podem ser reduzidas a menos de dois dias. “Tudo o que fizemos nestes anos é para garantir os direitos dos empresários e dos trabalhadores e contribuir para o crescimento da nossa região. Este prêmio significa que estamos no caminho certo e que serviremos de exemplo para outras cidades e também para outros Estados que agora, conhecem o nosso trabalho”, destacou o presidente do Sinduscon de Brusque, Fernando José de Oliveira.

O prêmio “Melhores Práticas Sindicais” é uma realização da FIESP, FIRJAN, FIEMG e FIESC, com patrocínio da Caixa Econômica Federal e uma parceria com a FIEP e KPMG.

Segundo o vice-presidente da FIESC, Mario Cesar Aguiar, os sindicatos catarinenses mostraram, em suas práticas, a importância em desenvolver o relacionamento com o associado e valorização da marca, as parcerias e o bem-estar de todos. “Vimos que nossos sindicatos estão engajados no desenvolvimento do setor, na busca por novidades que promovam a competitividade  e na  qualificação dos profissionais, com educação, saúde e segurança dos trabalhadores”, destacou.

Confira os Sindicatos vencedores:

Categoria – Comunicação, Relacionamento com o Associado e Programas de Associativismo

1° colocado: Sindicato da Indústria da Construção de Balneário Camboriú (SINDUSCON);
Prática: Sinduscon Pela Educação;

2° colocado: Sindicato da Indústria da Construção Civil da Grande Florianópolis (SINDUSCON);
Prática: Salão do Imóvel;

3° colocado: Sindicato da Indústria da Construção Civil dos Municípios da Foz do Rio Itajaí (SINDUSCON);
Prática: Construindo parcerias para oferecer um atendimento de qualidade a todos;

4° colocado: Sindicato da Indústria da Construção Civil de Joinville (SINDUSCON);
Prática: Pesquisa Perfil Imobiliário 2016;

5° colocado: Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico de Rio do Sul (SIMMMERS);

Prática: Apresentação e esclarecimentos da Convenção Coletiva de Trabalho do setor;

Categoria: Defesa Setorial

1° Colocado: Sindicato da Indústria da Construção e do Mobiliário de Blumenau (SINDUSCON);
Prática: Redução de ISS no setor da construção;

2° colocado: Sindicato da Indústria da Informática do Estado de Santa Catarina (SIESC);
Prática: Ações judiciais em defesa das empresas associadas;

3° colocado: Sindicato das Indústrias de Celulose e Papel de Santa Catarina (SINPESC);
Prática: Grupos de Gestão do setor de celulose e papel no estado de Santa Catarina;

4° colocado: Sindicato da Indústria do Vinho de Santa Catarina (SINDIVINHO);
Prática: Represente o seu Representado;

5° colocado: Sindicato da Indústria da Construção e de Artefatos de Concreto Armado do Oeste de Santa Catarina (SINDUSCON);

Prática: Participação no Conselho da Previdência Social.

Categoria: Negociação Coletiva

1° colocado: Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico de Blumenau (SIMMMEB);

Prática: Capacitação e envolvimento da equipe de negociação;

2° colocado: Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico de Blumenau (SIMMEB);

Prática: Pesquisa de Cargos e Salários on-line;

3° colocado: Sindicato da Indústria da Construção e do Mobiliário de Brusque, Guabiruba, Botuverá e Nova Trento (SINDUSCON);

Prática: Sindicatos Patronal e Laboral Simplificam Convenção Coletiva

4° colocado: Sindicato da Indústria da Construção Civil da Grande Florianópolis (SINDUSCON)
Prática: Criação do setor de economia e estatística para o cálculo do CUB, índice que determina o custo básico da obra.

por Assessoria de Imprensa

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.