Unifebe Vargas Neni TEVAH

Recicle responde moradores da PM 021

Empresa não respondeu, porém, solicitação de moradores sobre um veículo menor para subir nos locais de difícil acesso;

20150213_104843

Foto: Wilson Schmidt Junior –

Brusque – A Recicle respondeu para Olhar do Vale (ODV) às questões e reclamações dos moradores da Rua Eduardo Wiedekehr, no Bairro Primeiro de Maio. Os problemas de coleta de lixo vieram à tona depois de reportagem veiculada no site, na última sexta-feira (13). A população que por lá reside encontra-se indignada de ter que pagar a mesma taxa que o resto de Brusque, porém, recebendo em troca um serviço de baixa qualidade, já que o caminhão de lixo não sobe o morro que dá acesso à localidade.

Relembre: “Recicle é alvo de reclamação de moradores

Com isso, todos que residem na rua conhecida como “PM 021” tem de ir até a base do declive, onde depositam todo o lixo num local onde já se acumulam ratos, cachorros, baratas e muita sujeira.

Confira, primeiramente, o que perguntou ODV:

Os moradores reclamam de ter de pagar a mesma taxa que os demais cidadãos e terem de levar o lixo até o ponto de coleta, na base do morro. Seria viável a utilização de um veículo menor para o recolhimento do lixo? Ou então a diminuição da taxa?

Alguns moradores relatam estarem pagando taxa dupla, sendo proprietários de um só terreno. O que pode ser feito?

Caso não haja solução para as questões apresentadas, a Recicle poderia colocar uma caixa coletora no ponto de recolhimento, como é praxe em locais de difícil acesso?

A resposta obtida da companhia foi:

A partir de um determinado ponto, a rua apresenta risco para a equipe de coleta e para os moradores.

Uma nova caixa coletora, de uso coletivo, foi instalada novamente no local, pois, a anterior foi removida sem nosso conhecimento. Porém a coleta de resíduos, no local, está sendo realizada de forma contínua, nos dias pré-determinados.

Caso algum usuário tenha dúvida sobre a cobrança da tarifa, poderá entrar em contato com uma de nossas atendentes pelo e-mail www.reciclesc.com.br, ou  pelo telefone 3350-2000 e esclarecê-las. Caso prefira, poderá solicitar uma vistoria no local.

Gostaria de salientar que, a cobrança da tarifa é realizada de acordo com o número de unidades residenciais ou comerciais e não em relação ao terreno ocupado.

Att.

Silvano Soares,

Gerente.

Vale salientar que uma das perguntas de ODV não foi devidamente respondida. Trata-se da questão que envolve a possibilidade da utilização de um veículo menor para a coleta nos locais de difícil acesso, já que os moradores pagam o mesmo valor que os demais cidadãos brusquenses e tem o direito de receberem o mesmo tipo de serviço.

por Wilson Schmidt Junior

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.