Unifebe Brusque Vargas Têxtil

Prefeitura de Brusque realiza abordagem social com moradores em situação de rua

O trabalho é realizado seguindo várias diretrizes técnicas da assistência social, da psicologia, do direito, da saúde, entre outros, já que há muitas questões que envolvem a abordagem;

Foto: divulgação -

Foto: divulgação –

Brusque – A Prefeitura de Brusque, por meio da Secretaria de Assistência Social e Habitação, com a equipe técnica do Centro Especializado de Assistência Social (CREAS) vem realizando o trabalho de abordagem social com os moradores em situação de rua, o objetivo da ação é que eles tenham meios de sair dessa condição, se desejarem.

O trabalho é realizado seguindo várias diretrizes técnicas da assistência social, da psicologia, do direito, da saúde, entre outros, já que há muitas questões que envolvem a abordagem. O número dos moradores em situação de rua em Brusque varia, como por exemplo neste período de verão, que muitos estão no litoral.

A secretária de Assistência Social e Habitação, Mariana Martins da Silva, destacou que a prefeitura vem tomando as medidas necessárias em relação aos moradores em situação de rua. “Nós temos uma equipe que está em ação, reconhecendo a realidade social das pessoas em situação de rua, até para chegar em um consenso entre o que a sociedade espera e o serviço que a prefeitura tem a prestar,” disse.

Mariana falou ainda do processo conjunto entre prefeitura e entidades para que se encontre alternativas. “Nós temos procurado atender essas pessoas, estamos no início da criação de um comitê que vai envolver outras entidades da cidade, porque é um problema social. Nós temos que dividir as preocupações e buscar as soluções em um contexto geral, com a participação de outras pessoas e entidades,” disse.

A abordagem social

A equipe do Creas vem realizando a abordagem social em dois dias pela manhã, das 8h às 12h, e um dia no período da tarde, das 12h às 18h. Eles atuam em diversos pontos da cidade. Ela ocorre para que os moradores de rua possam mudar de condição, caso queiram, já que a legislação diz que todo cidadão tem o direito de ir e vir. Dessa forma, os moradores em situação de rua só podem ser retirados caso ofereçam algum risco, segundo a legislação.

por Assessoria de Imprensa

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.