Unifebe Vargas Neni

Poluição causa falta água em Guabiruba. Aulas foram suspensas

Poluente foi jogado ao rio e tratamento foi interrompido.

amostras coletadas

Foto: Prefeitura de Guabiruba –

 Guabiruba – A Companhia Catarinense de Água e Saneamento Básico – Casan alerta a população de Guabiruba para racionalizar o consumo de água, uma vez que o tratamento foi interrompido na madrugada de hoje, 11, depois de a água do rio do bairro Guabiruba Sul obter coloração laranja. Desde cedo, a Casan e técnicos da Secretaria Municipal de Meio Ambiente tentam localizar o ponto do rio em que o poluente foi lançado, mas até o momento não obtiveram sucesso.

 O engenheiro químico da Casan, José Luciano Soares, explica que a interrupção no tratamento foi necessária uma vez que a turbidez da água está cinco vezes maior que o normal. “O normal é a turbidez estar em 50 e estamos com a turbidez em 250”, afirma o engenheiro. “Até que o rio não diluir esse poluente, a Casan não fará o tratamento da água. É uma questão de saúde pública”, informa.

 Conforme a secretária de Meio Ambiente, Bruna Eli Ebele, amostras da água foram coletadas para que se verifique se o poluente é realmente nocivo. “A Polícia Militar Ambiental também foi acionada para auxiliar nas buscas e identificar o motivo e local da contaminação. Estamos tomando todas as providências para minimizar os impactos ambientais, inclusive avisamos o Samae de Brusque, pois essa água vai até lá”, afirma Bruna.

 Em alguns pontos da cidade, já falta água. Por isso, as aulas nas redes municipal e estadual de ensino (Professor Carlos Maffezzolli, Professor João Boos e APAE) estão canceladas nesta sexta-feira, 12 de junho.

 Mais informações sobre a falta de água pelo telefone 3354-0411 (Casan) e sobre as aulas pelo telefone 3350-5292 (Secretaria de Educação).

Confira neste áudio a declaração do engenheiro químico da Casan, José Luciano Soares, sobre a interrupção no fornecimento de água:

http://olhardovale.com.br/wp-content/uploads/2015/06/DR0000_0775.mp3

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.