Unifebe Brusque Vargas Têxtil

Guabiruba: Placas orientam população a consultar prefeitura antes da construção

Mais informações podem ser solicitadas nas Secretarias de Meio Ambiente e de Planejamento Urbano e Infraestrutura

imprensa 2

 

Entre a maioria dos brasileiros, a construção da casa própria é a realização de um sonho. No entanto, se não houver planejamento na escolha do terreno ou na construção do imóvel, o sonho se transforma em pesadelo num piscar de olhos. Essa é a realidade de muitas pessoas que chegam à Prefeitura de Guabiruba para solicitar alvarás que não podem ser emitidos.

 

Com o objetivo de minimizar esses transtornos, a Prefeitura de Guabiruba, por meio das Secretarias de Meio Ambiente e de Planejamento Urbano e Infraestrutura, começou a disseminação de placas na cidade com a mensagem “Antes de construir ou comprar um terreno, consulte a prefeitura”. Mais de 20 placas orientativas foram instaladas nos bairros Guabiruba Sul, Imigrante, Lageado Baixo e Aymoré. Outras doze serão colocadas nos demais bairros nas próximas semanas.

 

De acordo com a secretária de Meio Ambiente de Guabiruba, Bruna Eli Ebele, muitas pessoas adquirem terreno em área de preservação ambiental e depois vão à prefeitura solicitar alvará de construção ou de terraplenagem. “Essa consulta à prefeitura é que deve ser antecipada. As pessoas devem nos procurar antes até da compra do terreno. Assim, saberão se aquela área a ser adquirida está regular para receber uma construção”, orienta a secretária.

 

A mensagem foi tema de uma campanha publicitária do Governo Municipal no início de 2013 e é reforçada com as placas informativas uma vez que a desinformação continuou sento enaltecida por muitos cidadãos. “Guabiruba tem matas preservadas, vários cursos d’ água e a lei precisa ser respeitada, principalmente a do recuo de 30 metros dos cursos de água, que é a mais em voga no município. Não só a prefeitura fiscaliza, o próprio Ministério público está solicitando demolição de casas e a natureza mesmo responde aos danos que sofre”, pontua Bruna.

 

Mais informações podem ser solicitadas nas Secretarias de Meio Ambiente e de Planejamento Urbano e  Infraestrutura pelo telefone 47 3354-0141.

 

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.