Unifebe Vargas Neni TEVAH

Guabiruba adere ao Outubro Rosa e realiza gincana para mobilizar população

A Prefeitura de Guabiruba, por meio da Secretaria de Saúde, realiza na próxima segunda-feira, 16 de outubro, uma gincana para marcar a passagem do Outubro Rosa, campanha de conscientização sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama aderida por diversas entidades. O evento inicia às 13h no salão da capela São Cristóvão, no bairro Aymoré.

Os grupos serão divididos por Unidades Básicas de Saúde (UBSs), as quais competirão entre si. Os interessados em participar devem entrar em contato com a sua unidade, o qual orientará sobre o transporte gratuito até o local do evento e em relação às dinâmicas, algumas serão reveladas durante a competição. As pessoas que possuem meio de transporte podem se dirigir diretamente ao São Cristóvão.

A maioria das brincadeiras da gincana envolve o tema Outubro Rosa. Conforme o Instituto Nacional do Câncer, um em cada três casos de câncer pode ser curado se for descoberto logo no início. Mas muitas pessoas, por medo ou desconhecimento, preferem não falar no assunto e acabam atrasando o diagnóstico. Por isso, é preciso desfazer crenças para que a doença deixe de ser vista como uma sentença de morte ou um mal inevitável e incurável.

A secretária de Saúde de Guabiruba, Patricia Heidercheidt, ressalta que este ano, além da gincana, a prefeitura ampliou a divulgação da campanha com outdoors pela cidade. “O tratamento para o câncer de mama é oferecido pelo Sistema Único de Saúde e nosso foco ao aderir ao Outubro Rosa é auxiliar nesse movimento de identificação precoce da doença para aumentar as chances de cura. É fundamental que as mulheres mantenham seus exames preventivos em dia. Para isso, basta procurar sua unidade de saúde”, destaca, lembrando que o SUS oferece exame de mamografia para todas as idades, quando há indicação médica.

De acordo com a coordenadora do Núcleo de Apoio à Saúde da Família – NASF, Cristiane Monestel, durante a gincana haverá ainda corte de cabelo para campanha Fios da Alegria, destinada a confecção de perucas para utilização de pacientes com câncer. “Também estamos mobilizando as equipes para levarem o máximo de garrafas pet, que serão destinadas à decoração do Natal Mágico, além de inúmeras outras atividades envolvendo saúde e prevenção. Lembramos que o evento não é somente para as mulheres, mas também para os homens”, conclui.

Mais informações podem ser obtidas com o NASF pelo telefone 3308-3164.

Mamografia

No Brasil, a recomendação do Ministério da Saúde – assim como a da Organização Mundial da Saúde e a de outros países – é a realização da mamografia de rastreamento (quando não há sinais nem sintomas) em mulheres de 50 a 69 anos, uma vez a cada dois anos. A mamografia diagnóstica, assim como outros exames complementares com finalidade de investigação de lesões suspeitas da mama, pode ser solicitada em qualquer idade, a critério médico. Ainda assim, a mamografia diagnóstica geralmente não é solicitada em mulheres jovens, pois nessa idade as mamas são mais densas, e o exame apresenta muitos resultados incorretos.  Fonte: INCA

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.