Unifebe Vargas TEVAH

Especial Dia das Mães – Avó, a alegria em dose dupla

Com 3 filhos e 4 netos, Irene revive com as crianças, as emoções da infância dos filhos

Irene

Como a maioria das mulheres, Irene Maria de Souza, 63 anos, sempre quis ser mãe. Porém, foram cinco anos de expectativa até a realização desse sonho. Ela conta que na família havia uma tia que não conseguia engravidar. E aos 28 anos, como ainda não tinha engravidado, pensava que também pudesse ter algum problema e se preocupava imaginando que talvez, não pudesse ter filhos.

Mas em 1978, o sonho se tornou realidade com o nascimento da primeira filha, Andréia (36 anos). “Após muitas orações, descobri que estava grávida. Parecia um sonho”, afirma orgulhosa. Seguindo o conselho da madrinha da filha, logo ela teve outro filho para criar os dois juntos. No ano seguinte, Roderjan (35 anos) veio ao mundo. Cinco anos se passaram e ela ainda teve mais uma filha, Caroline (29 anos). “Se pudesse teria mais filhos. Queria ter seis, mas devido a idade do meu marido (que era 18 anos mais velho), achei melhor não”, completa ela.

Porém, após o nascimento dos três, não foram só alegrias. Em 1993, ela teve que enfrentar uma fase complicada quando ficou viúva. Apesar de todas as dificuldades, não desistiu e lutou para educar os filhos, sozinha. “Foi o momento mais difícil, queria que cada um tivesse a sua faculdade. Mas, depois de muito trabalho, todos conseguiram se formar e hoje me sinto realizada.”

Com os filhos crescidos e encaminhados, agora ela curte os quatro netos e sente o privilégio de ser mãe pela segunda vez. Ela diz que o amor não é diferente do que sente pelos filhos. “O cuidado e o amor são os mesmos. Mas, a gente se dedica mais, porque tem mais tempo. Sem contar a experiência de vida… já aprendi muito com os filhos, então fica mais fácil”, emenda.

E para todos, ela sonha com a felicidade e sucesso. “Quero que se realizem profissionalmente, que cada um tenha a sua família e que sejam muito felizes. “Ser mãe é uma realização, é tudo de bom. Uma verdadeira benção de Deus”, encerra.

DSC02040   mae3

 

Texto e fotos: Caroline de Souza

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.