Unifebe Vargas Neni TEVAH

Em decorrência de obra do novo reservatório, abastecimento de água será feito por rede secundária nesta quarta

De acordo com diretor técnico, áreas mais altas podem ficar desabastecidas;

Fotos: divulgação -

Fotos: divulgação –

Brusque – Em decorrência do avançado estágio das obras de interligações hidráulicas entre o novo reservatório do Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae) de Brusque com o reservatório já existente na entrada do Parque Leopoldo Moritz, o abastecimento de água no município será feito por uma rede de menor diâmetro nesta quarta-feira, 30 de novembro.

De acordo com o diretor técnico da autarquia, Fausto Diegoli, a distribuição será executada por uma rede secundária. “Por isso, poderá ocorrer o desabastecimento em alguns pontos elevados da cidade, pois a vazão irá diminuir juntamente com a pressão da água”.

A normalidade dos sistemas ocorrerá no período da noite, logo após o fim da intervenção no reservatório. Caso a condição climática continue desfavorável, os trabalhos serão adiados.

Sobre o reservatório

O R5, como será chamado o novo reservatório do Samae Brusque, terá capacidade para reservar 6,5 milhões de litros de água potável. Os trabalhos já estão na fase de montagem e os servidores da autarquia já estão executando a instalação das interligações entre a Estação de Tratamento de Água (ETA) Central, o R4 (reservatório existente próximo do avião, no Parque Leopoldo Moritz) e, claro, o R5.

Aproximadamente 90 mil pessoas serão beneficiadas com a obra, que será inaugurada em 17 de dezembro. O investimento total é de mais de R$ 3 milhões.

por Wilson Schmidt Junior

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.