Unifebe Vargas Neni

Defesa Civil de Brusque apresenta relatório das chuvas que atingiram o município

Reunião ocorreu na tarde de hoje (9)

 

IMG_1390

 

As ações de prevenção e resposta da Prefeitura de Brusque ao grande volume de chuva que caiu sobre a cidade neste fim de semana foram apresentadas à imprensa em uma coletiva promovida no fim da tarde desta segunda-feira (9). O evento foi realizado no Salão Nobre e contou com a presença do diretor de Defesa Civil, Evandro de Melo do Amaral, o secretário de Obras, Gilmar Vilamoski, e o secretário de Trânsito e Mobilidade, Paulo Sestrem.

Durante o período, a cidade recebeu cerca 160 milímetros de chuva. O valor representa 50% a mais do que o previsto para todo o mês de junho – 90 a 110 milímetros, porém ocasionou apenas pequenos alagamentos na região central, sem registro de danos a residências. De acordo com informações da Defesa Civil, o pico do Rio Itajaí-Mirim foi atingido às 4h45, quando os sistemas de monitoramento marcaram 6,50 metros – cerca de 30 centímetros acima do previsto.

O trabalho de orientação e educação da Defesa Civil realizado ao longo do ano foi um dos fatores apontados pelo diretor do órgão como responsável pela redução no número de ocorrências graves. “A Defesa Civil está sempre atuando, mesmo quando não há situações de risco. Fazemos visitas às comunidade e informamos aos moradores sobre a importância de fazerem as calhas de água corretamente, preparando o entorno de suas casas para as chuvas”, explica.

As medidas contribuem para minimizar o número de deslizamentos, classificados por Amaral como umas das piores consequências das chuvas. O diretor de Defesa Civil acrescenta que durante o período das cheias foram registradas apenas cinco ocorrências do tipo.

Obras do PAC

Além do trabalho de prevenção, outro fator destacado pelos secretários foram as obras do PAC Macrodrenagem concluídas em diversas regiões da cidade que também contribuíram para que as águas pluviais escoassem com tranquilidade para o rio Itajaí-Mirim. O projeto da Prefeitura de Brusque contempla um total de 14 bacias que abrangem diferentes regiões.

Limpeza da Beira Rio

Durante a tarde desta segunda-feira, o rio voltou a calha, e as equipes da Secretaria de Obras iniciaram os trabalhos de limpeza. De acordo com Vilamoski, a via foi liberada e os trabalhos serão executados durante a noite e também nos próximos dias.

“Às 17h a Beira Rio será totalmente liberada, mas com algumas restrições. Por isso, precisamos que os motoristas tenham cautela e atenção. Assim também será nos próximos dias, pois, optamos por liberar a via e realizar a limpeza ao mesmo tempo para não atrapalhar o tráfego de veículos”, comenta.

Durante o trabalho de limpeza, a avenida ficará interditada em alguns pontos. De acordo com secretário Paulo Sestrem, para que o trabalho flua com segurança é fundamental que a população, e em especial os motoristas sigam as orientações de trânsito e respeitem as sinalizações.

Prevenção

Para contribuir com as ações de prevenção e alerta à comunidade, uma equipe do Centro de Operação do Sistema de Alerta da Bacia Hidrográfica do Rio Itajaí-Açu, Ceops, foi contratada pela Prefeitura de Brusque para fazer o levantamento das cotas de enchente para as ruas da cidade. As informações irão complementar os sistemas de alerta que já são utilizados pela Defesa Civil de Brusque para prever o nível do rio, como o sistema municipal de telemetria.

 

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.