Unifebe Vargas TEVAH

Carteiros de Brusque entram em greve

Paralisação deve durar 48 horas.

CORREIOS

Foto: divulgação –

Brusque – Após reunião com o Sindicato dos Trabalhadores na Empresa de Correios e Telégrafos (Sintect), ficou acertada a paralisação de 48 horas por parte da totalidade dos funcionários que atuam em Brusque. As mudanças trabalhistas impostas pelo Governo Federal na área trabalhista são a principal motivação da insatisfação dos trabalhadores.

De acordo com o Sintect, 80% das agências dos Correios no estado de Santa Catarina também já aderiram à paralisação. Confira a pauta nacional e estadual de reivindicações:

Pauta nacional:

Pagamento da Participação nos Lucros e Resultados 2013 no valor de R$ 626,00, periculosidade, mais os 30% do Adicional de Periculosidade para Carteiros Motociclistas;

Jornada de seis horas e quebra de caixa;

Equiparação com os bancários;

Implantação de sistemas de proteção contra assaltos.

Pauta estadual:

Plano de Saúde;

Distribuição em Dias Alternados: entrega alternada e transferências forçadas de trabalhadores;

Concurso Público (falta de efetivo);

Descontos e punições referentes aos dias da greve 2013/2014;

Entregas pela manhã;

Melhores condições de trabalho;

por Wilson Schmidt Junior

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.