Unifebe Vargas Câmara

Câmara de Óticas de Brusque e Vigilância Sanitária planejam ação de conscientização

Integrantes da Câmara de Óticas de Brusque, ligada ao Sindilojas, estiveram reunidos com servidores da Vigilância Sanitária na manhã de terça-feira, 19 de setembro, oportunidade em que conversaram sobre o comércio de produtos ópticos, especialmente, de óculos de sol, por estabelecimentos de Brusque.

O coordenador da Câmara de Óticas, Cesar Busnardo Júnior, observou que o Decreto 992, de dezembro de 2016, regulamenta a comercialização de produtos ópticos em Santa Catarina e que muitos lojistas não têm conhecimento das regras que devem ser seguidas. “Nossa maior preocupação é garantir a comercialização de produtos de qualidade, que assegurem a saúde visual dos consumidores. Hoje já existe uma fiscalização nas óticas, que é quem trabalha diretamente com produtos ópticos, mas gostaríamos que a orientação e fiscalização fosse ampliada para todos os estabelecimentos que vendem qualquer tipo de produto óptico, especialmente, óculos de sol, por sabermos que há muitos produtos falsificados e de má qualidade, que prejudicam significativamente a saúde ocular”, alerta o coordenador da Câmara de Óticas.

O vice-coordenador da Câmara, André Kohler, salienta que é preciso checar se os óculos comercializados pelo comércio em geral, garantem a proteção dos olhos. “Vemos que muitas pessoas têm comprado óculos de sol mais pensando na questão estética, do que na saúde. Até mesmo as crianças, acabam usando óculos com lentes plásticas, que a longo prazo, podem representar um grande risco para os olhos”, declara André.

 

                Conscientização

Para o presidente do Sindilojas – Sindicato do Comércio Varejista e Atacadista de Brusque, Marcelo Gevaerd, o objetivo da Câmara de Óticas é fazer um trabalho de conscientização em parceria com a Vigilância Sanitária, no sentido de garantir que a saúde visual do consumidor não seja prejudicada, e garantir também uma concorrência leal entre os comerciantes. “Precisamos inicialmente orientar os lojistas que não estão atendendo as normas legais, e solicitar que se adequem. Por isso, o Sindicato apoia essa iniciativa e convoca os lojistas para que participem do encontro que vai ser promovido pela Câmara de Óticas e pela Vigilância”, destaca Marcelo.

A coordenadora da Vigilância Sanitária de Brusque Lucie Hertha Hilbert e os fiscais Leandro de Souza Andregtoni e Ricardo Alexandre Luebke, reconhecem que muitos lojistas desconhecem as normas, e que é importante fazer um trabalho de conscientização. “Estamos à disposição para esclarecer os procedimentos que devem ser respeitados por quem trabalha com produtos ópticos e para planejar uma ação posterior, que venha coibir a venda de óculos com procedência duvidosa e de má qualidade”, considera Lucie.

Para dar início ao trabalho de conscientização, a Câmara de Óticas de Brusque e a Vigilância Sanitária irão promover um encontro, que deve contar também com a participação de servidores do setor de Tributação da Prefeitura, para orientar lojistas de diferentes segmentos do comércio brusquense, que comercializem produtos ópticos, como por exemplo, lojas de roupas que vendem óculos de sol. A reunião será realizada no dia 17 de outubro, às 19h30, na sede do Sindilojas, anexo ao Centro Empresarial de Brusque.

 

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.