Unifebe Brusque Vargas Têxtil

Venceu? Sim. Goleou? Sim. Agora o foco é Corinthians

Com o resultado, o time chegou aos 15 pontos, na vice-liderança isolada do Catarinense;

Foto: Fom Conradi/Fomtography -

Foto: Fom Conradi/Fomtography –

Lages – O Brusque FC se consolidou como a grande sensação do Campeonato Catarinense ao golear o Inter de Lages em pleno estádio Tio Vida na serra catarinense. Neste sábado, 25 de fevereiro, a equipe fez um jogo muito consistente fora de casa derrotou o rival por 3 a 0. Jonatas Belusso, Ricardo Lobo e Michel Douglas marcaram para o Bruscão.

Com o resultado, o time chegou aos 15 pontos, na vice-liderança isolada do Catarinense. O próximo jogo do Bruscão será no domingo, diante do Joinville, no encerramento do turno. Antes do duelo derradeiro pelo primeiro turno do Catarinense, o Brusque volta a campo na próxima quarta-feira (1) quando a equipe enfrenta o Corinthians pela Copa do Brasil.

O jogo

A partida começou equilibrada no estádio Vidal Ramos Junior, mas aos poucos o Bruscão passou a dominar as ações. Os times criavam pouco. Enquanto o Inter tinha raras oportunidades nas bolas paradas, o Brusque tentava encaixar o contragolpe, mas ia tendo dificuldade, mesmo com espaços pelos lados do campo.

Quando conseguiu encaixar o toque de bola, a equipe brusquense abriu o placar. João Carlos recebeu pela direita e encontrou Jonatas Belusso entrando no meio da zaga. O artilheiro do Brusque na competição, agora com quatro gols, não perdoou: 1 a 0 Brusque.

Etapa final

Os times voltaram sem mudanças para a etapa final, e o Brusque logo tratou de liquidar a fatura. Em contragolpe fulminante aos 2 minutos, Ricardo Lobo saiu na cara de Neto VolpI e com categoria tirou do goleiro para fazer o segundo.

Cerca de 10 minutos depois, o atleta ainda quase fez o terceiro, mas, sem ângulo, chutou para fora. A equipe do Brusque seguia melhor e com chances de dilatar ainda mais o placar, enquanto o Inter ia ao ataque de forma desordenada. O time da Serra tinha mais posse de bola, mas não levava perigo ao gol de Rodolpho.

Com o jogo tranquilo, o técnico Pingo ainda colocou Assis na vaga de Eliomar, e Michel Douglas na de Carlos Alberto. E foi com o próprio Michel que o Brusque fechou o placar. Em bola enfiada no meio da zaga aos 38 minutos, o jogador tocou com categoria para fazer o terceiro e sacramentar a grande vitória do Brusque.

por Assessoria de Imprensa

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.