Unifebe Vargas

“Sabíamos que seria um jogo difícil”, disse Leandro Campos sobre o empate com o Cambura

Técnico do Bruscão se mostrou satisfeito com o resultado fora de casa;

Foto: Wilson Schmidt Junior -

Foto: Wilson Schmidt Junior –

Brusque – O técnico do Brusque Futebol Clube, Leandro Campos, como de costume, fez a análise do empate sem gols contra a equipe do Camboriú, em jogo válido pela quinta rodada da segundona catarinense. De acordo com o que disse o professor, já era esperado um embate bastante complicado contra o time que, segundo ele, é um concorrente direto para o acesso da elite do futebol de Santa Catarina.

“Sabíamos que seria um jogo difícil. Começamos o jogo com muita disposição, procurando marcar e com a intenção clara de buscarmos o gol adversário. Conseguimos manter um bom equilibrio até os 30 minutos, mas posteriormente perdemos um pouco da organização e o adversário cresceu no jogo. Porém, conseguimos manter o placar em igualdade”, avaliou o comandante do Bruscão.

Após fazer as correções táticas necessárias para a segunda etapa, a equipe conseguiu retomar o bom desenvolvimento das jogadas, com chances claras de gol não convertidas, sem possibilitar boas chegadas do time adversário. Apesar do zero no placas, Campos saiu satisfeito. “Por esse fator considero que o resultado tenha sido razoável, por termos somado um ponto na casa do adversário e não termos deixado que o Camboriú se iguale ao número de pontos do Busque, mantendo-se a diferença de três pontos. Estamos fazendo um campeonato com bastante estabilidade e estamos caminhando para a primeira meta, que é terminar o turno entre os dois primeiros classificados”.

Defesa intacta

Sem desmerecer os jogadores defensivos como Wanderson, Rogério e Cleyton, Leandro Campos deu créditos a todo o time que ainda não deixou os adversários marcarem gols no torneio. “Quando se fala em defesa intacta, se refere ao sistema defensivo, que envolve os 11 jogadores num pull de esforços coordenados, mas lógico, nunca deixemos de valorizar o trabalho dos defensores específicos”, finalizou.

por Wilson Schmidt Junior

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.