Unifebe Vargas PREFEITURA TEVAH

Inicia a movimentação nas canchas de bochas guabirubenses

campeonato bocha trio

Foto: divulgação –

Acabaram as férias para os jogadores de bocha de Guabiruba. O Campeonato Municipal de Trio 2016 está com 28 equipes no naipe masculino e outras 10 no feminino. Os primeiros confrontos ocorreram na quarta-feira, 17, quando as mulheres entraram na cancha pela primeira vez. Quem se deu bem na rodada foram as meninas do Cruzeiro, que largaram com vitória por 2 a 0 sobre a Associação dos Metalúrgicos. O mesmo resultado obteve o São Pedro B, fora de casa, pra cima do 10 de Junho. Cancha do Iano e Olaria ficaram no 1 a 1, mesmo placar de São Pedro A e São Luiz. As equipes voltam a jogar agora nesta quarta-feira, 24.

Já a quinta-feira, 18, ficou reservada para o início dos jogos do naipe masculino. Foram realizadas 14 partidas em vários pontos da cidade. Um bom público marcou presença na abertura. “O clima de amizade e a participação do público antecipa a movimentação que terá o campeonato”, destacou o secretário de Esportes, Lazer e Assuntos para a Juventude de Guabiruba, Luiz Schlindwein Filho, o Kareka.

“Estamos satisfeitos pela adesão das comunidades. Vimos jovens começando, o que é muito importante para esse esporte tão tradicional no município. Esperamos que nos próximos anos surjam ainda mais equipes, pois a bocha traz alegria, confraternização e movimenta os bares para dar retorno aos clubes, o que é muito importante”.

Atletas Jovens

Um dos grandes destaques dessa edição do Campeonato Municipal de Bocha em Trio Masculino será a participação da equipe do 10 de Junho Jovem. Todos os atletas do grupo estão na faixa dos 20 anos. Alex Hang, Matheus Koehler e Matheus Dirschnabel formam o trio principal, que tem ainda o reserva Alexandre Felipe Pereira, de 17 anos. “É algo que faz parte da cultura da Guabiruba. Os idosos jogam e a gente se acostuma desde pequeno a ir nas canchas e conhecer. A gente se reúne sábados e dias de semana, às vezes, para brincar entre amigos. Como a prefeitura dá oportunidade de fazer os campeonatos, a gente se interessou em participar também”, explica Pereira. Na estreia, os jovens bem que tentaram um resultado positivo, mas não conseguiram levar vantagem sobre a experiente equipe do Defumados Schaefer A. A partida acabou em 2 a 0.

Na Cancha do Iano, o time local bateu a equipe do Péo-Linharia pelo mesmo placar. Érico Ademar Munch, popular Malo, representante do Péo, destaca que, além do jogo em si, uma das coisas mais importantes é a confraternização entre amigos. “A gente visita todas as canchas. É algo muito bom, e saudável, reunir todo mundo em torno do esporte”.

O espírito de amizade na disputa também foi ressaltado na Cancha do São Cristóvão, onde a equipe da casa ficou no empate em 1 a 1 com a Cancha do Rieg A. “Com relação ao resultado, foi abaixo do esperado. Esperávamos um resultado melhor, até pelo fato de o jogo ser em casa. Sobre a competição, acredito que o motivo de ter tantas equipes é justamente esse espírito do campeonato, o fato de ser uma válvula de escape no dia a dia, em que o pessoal joga, bebe uma cerveja e fica com os amigos. Isso aqui, acima de tudo, é entretenimento”, observa Altino Suave, do São Cristóvão.

Regulamento

O Campeonato Municipal de Bocha em Trio é realizado no sistema de grupos em ambos os naipes. No feminino, são duas chaves de cinco equipes, que jogam em turno e returno, sendo que as duas melhores equipes avançam para as semifinais, também disputada em dois jogos, assim como a final.

No masculino, são 28 equipes divididas em sete chaves de quatro. Os jogos também ocorrem em turno e returno. Avançam os dois melhores de cada grupo, além dos dois melhores terceiros colocados entre as equipes de todas as chaves. Desta forma, restarão 16 equipes, que formarão as oitavas de final. Os confrontos desta fase serão definidos por meio do ranqueamento conforme a fase anterior, tendo como base a campanha de cada time (ex: 1º x 16º – 2º x 15º).

Sobre a competição

O Campeonato Municipal de Bocha Trio Masculino e Feminino é uma realização da Prefeitura de Guabiruba por meio da Secretaria de Esportes, Lazer e Assuntos para a Juventude. Esse ano a competição homenageia dois entusiastas do esporte, Antônio Comper, o Picada, no naipe masculino, e Iria Mishfeld no feminino. “São pessoas que homenagearemos ao fim do campeonato, pois já fizeram muito pelo esporte da nossa cidade”, diz Kareka.

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.