Unifebe Vargas Câmara

Corrida Gevaerd e NABR-ACIBr Run reúne quase 300 participantes

Incentivar o esporte, a atividade física e uma melhor qualidade de vida, foi esse o grande objetivo da primeira Corrida Gevaerd e NABR-ACIBr Run, realizada na tarde de sábado, 23 de setembro. O evento, promovido através de uma parceria do Núcleo de Academias da Associação Empresarial de Brusque (NABR) e a Calçados Gevaerd, reuniu quase 300 participantes. A novidade da corrida foi a prova de 800 metros para crianças de 8 a 13 anos. Já a categoria adulto, percorreu cinco quilômetros no trecho que saía do estacionamento da loja Gevaerd Calçados, avenidas próximas, Beira Rio e rua Pedro Werner.

De acordo com o integrante do NABR-ACIBr, Leonardo Ristow (Academia Viva), a proposta do Núcleo ao ser parceiro do evento é de incentivar a prática esportiva da população através da corrida de rua, que é um esporte bem popular, simples de ser realizado, e que todos podem praticar. “Sabemos que a corrida de rua tem enormes benefícios fisiológicos, mentais, psicológicos e até mesmo sociais, porque é uma prática que se faz em conjunto. A ideia é justamente reunir pessoas que correm na cidade ou na região, para passar uma tarde diferente de prática esportiva, com música, com amigos. E trazer as crianças para participarem da prova, elas que são muito ativas, é uma forma de garantir esse estímulo desde cedo, para que ela não vire um adulto sedentário e dessa maneira tenha uma vida saudável”, ressaltou.

O diretor da Calçados Gevaerd, Marcelo Gevaerd, enalteceu a participação da família no evento. Para ele, que há um ano já pensava na realização de uma corrida, ver o projeto concretizado junto ao NABR é uma grande satisfação. “Tivemos uma participação muito grande das pessoas, é a nossa primeira corrida em parceria com o Núcleo de Academias e só temos a agradecer a todos que vieram, à ACIBr e a todos que auxiliaram e nos permitiram realizar esse evento. Conseguimos fomentar o esporte e trazer a família para cá em uma tarde de sábado, isso é o mais importante. Pensamos em um trajeto bem tranquilo, que não atrapalhou em nada o trânsito da cidade e ficamos muito contentes com o resultado”, avaliou.

O paulista Wenceslau Francisco Pereira de Lima, 57 anos, pratica a corrida há 39 anos. O incentivo veio dos pais e ele nem pensa em parar. Morador de Brusque há 20 anos, ele participou da Corrida Gevaerd e NABR-ACIBr Run junto com o filho Francisco, de 10 anos. O pequeno acabou correndo o trajeto de 800 metros, destinado às crianças, e depois do esforço, encontrou o pai na linha de chegada, com sorriso de orelha a orelha. Minutos depois, foi a vez de Lima largar e percorrer o trajeto de cinco quilômetros. O esforço valeu o pódio na categoria 50 a 59 anos. “O esporte não é só para o bem-estar. Ele promove valores e isso nos torna mais cidadãos, pessoas melhores”, comentou Lima, que passa ao filho Francisco os preciosos ensinamentos que ele teve dos pais.

O maratonista André Cunha também fez questão de levar o filho João Pedro, de apenas 5 anos, para a sua primeira corrida. Para ele, incentivar o esporte desde cedo é importante para uma melhor qualidade de vida.

 

No lugar mais alto do pódio

Todos os participantes da primeira edição da Corrida Gevaerd e NABR-ACIBr Run receberam medalhas. Porém, o primeiro, segundo e terceiro lugares em seis categorias, tanto no feminino quanto no masculino, receberam troféus por seus desempenhos.

Graziela Tomasi Bertolini foi a grande vencedora na categoria feminino, garantindo o lugar mais alto do pódio. Ela, que levou a filha, Gabriela e a sobrinha Lariane para correrem na categoria infantil, foi aplaudida pelo esposo Rafael Bertolini e por amigos durante as três voltas do percurso de cinco quilômetros. “Foi muito bom, não esperava ficar em primeiro lugar, foi meu melhor tempo e o percurso foi excelente, rápido e tranquilo”, classificou.

Já o atleta Márcio Pasqualini Munch foi o grande campeão da prova, com o melhor tempo entre todas as categorias, 16 minutos e 11 segundos. “O evento foi bom, o percurso também, a estrada não teve nada para atrapalhar, e teve uma participação bem bacana das pessoas. Pensei que seria uma prova mais fácil, mas não, tiveram dois ou três que foram fortes até o final. Tanto a Gevaerd quanto o NABR estão de parabéns pela prova. Vencer a gente gosta sempre, mas tem que treinar muito e se dedicar ainda mais”, comentou ele, que recebeu o apoio da esposa e do filho, que sempre o acompanham em suas provas.

Para o professor da Academia Extreme, José Armando Vasquez Soto, o Bay, que auxiliou na organização, a participação de tantas pessoas na corrida é um estímulo para que o evento tenha novas edições e seja ainda melhor. “A corrida hoje está em alta, todos estão correndo, buscando fazer essa atividade. As pessoas se sentem bem, felizes, depois de correr. E isso vem crescendo na cidade de Brusque. O evento de hoje deu muito certo, muitas pessoas participaram, nós inclusive viemos com um número grande de participantes, pois temos um grupo grande na academia. Acredito que as próximas edições serão ainda melhores e deverão surpreender as pessoas de Brusque”, analisou ele, que levou, junto com sua equipe, o troféu ‘Campeão Maior Equipe’.

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.