Unifebe Vargas TEVAH

Abel se recupera com boa vitória em casa na Superliga B

O triunfo foi sobre o São José dos Pinhais (PR), por 3 sets a 0;

Foto: Juliane Ferreira -

Foto: Juliane Ferreira –

Brusque – A fase de classificação da Superliga B feminina 2017 chega ao fim neste fim de semana com a sétima rodada. Das três partidas programadas, duas aconteceram neste sábado, 4 de março e, com a sexta vitória consecutiva, o Hinode/Barueri (SP) termina esta etapa de forma invicta e com a melhor campanha. O bom desempenho do time paulista o garantiu diretamente nas semifinais.

Em Curitiba, o Hinode/Barueri bateu o BRH-Sulflex/Clube Curitibano (PR) por 3 sets a 1 (25/21, 27/25, 17/25 e 25/13), em 1h42 de jogo no ginásio do Clube Curitibano. O técnico de Barueri, José Roberto Guimarães, afirmou que o primeiro objetivo da equipe era justamente a classificação antecipada para a semifinal.

“Tínhamos o foco em conseguir o maior número possível de vitórias. E foi o que aconteceu, conseguimos fechar o turno inteiro com sete vitórias. A partir daqui zera tudo, começa um novo campeonato. Vamos esperar quem será o nosso adversário nas semifinais, pois agora a tendência é ter mais equilíbrio nas partidas, como na que tivemos hoje”, avaliou José Roberto.

Ainda no sábado o Abel Havan Brusque (SC) conseguiu a recuperação no campeonato e voltou a vencer. O triunfo foi sobre o São José dos Pinhais (PR) por 3 sets a 0 (25/20, 25/20 e 25/17), em 1h24 de partida na Arena Havan, em Brusque (SC). Com o resultado o time catarinense assumiu, provisoriamente, a terceira posição, enquanto o São José ficou com a quinta colocação.

No domingo, 5 de março, a rodada se completa com o duelo entre o São Bernardo (SP) e o ADC Bradesco (SP), no Adib Moysés Dib, em São Bernardo do Campo (SP), às 17h. A equipe do ABC paulista está na terceira posição, com sete pontos, mas precisa vencer para assegurar a colocação que lhe dará vantagem na fase seguinte. Já o time do Bradesco não pode mais ser ultrapassado na vice-liderança, com 12 pontos anotados.

O regulamento da Superliga B feminina 2017 dá ao primeiro colocado da fase classificatória uma vaga direta às semifinais, com a vantagem de decidir em casa uma vaga na decisão. Já os demais participantes se enfrentam nas quartas de final (2º x 7º, 3º x 6º e 4º x 5º), também com a vantagem para os times de melhor campanha. A decisão, marcada para o dia 8 de abril, será na casa da equipe finalista mais bem classificada na fase regular. O time campeão da Superliga B 2017 garante vaga na Superliga 17/18.

Superliga B feminina 2017

Sétima rodada

4 de março

BRH-Sulflex/Clube Curitibano (PR) 1×3 Hinode/Barueri (SP), no Clube Curitibano, em Curitiba (PR) (21/25, 25/27, 25/17 e 13/25);

Abel Havan Brusque (SC) 3×0 São José dos Pinhais (PR), na Arena Havan, em Brusque (SC) (25/20, 25/20 e 25/17).

5 de março

São Bernardo (SP) x ADC Bradesco (SP), no Adib Moysés Dib, em São Bernardo do Campo (SP), às 17h.

por Assessoria de Imprensa

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.