Unifebe Vargas PREFEITURA TEVAH

Com empate diante do Jec, Bruscão termina em quinto no Campeonato Catarinense

Brusque conseguiu arrancar pontos importantes do time do norte;

Fotos: Sidney Silva -

Fotos: Sidney Silva –

Brusque – O Brusque Futebol Clube terminou a sua campanha no retorno à elite do Campeonato Catarinense com um empate diante do surpreendente e forte Joinville. Jogando fora de casa na manchester catarinense, a equipe de Mauro Ovelha conseguiu arrancar pontos do adversário, terminando a partida em 1 a 1. Quem assistiu o jogo percebeu que o resultado merecia ser outro, em favor do Bruscão. Mas como todos sabem, futebol não tem senso de justiça. Duas bolas na trave, cinco chances de gol, além de um gol validado e posteriormente anulado provam isso.

Num jogo em que dominou o adversário, a bola do Brusque teimava em não entrar. Quando entrou, ainda nos minutos iniciais, o árbitro Bráulio da Silva Machado validou, mas depois voltou atrás após forte pressão dos jogadores do Joinville no próprio árbitro e na bandeirinha Jennifer Cassiane Soares. Em conversa com o árbitro, ela convenceu o juiz a voltar atrás mesmo após a validação do gol.

Após a anulação do tento, o Brusque continuou melhor, criando grandes oportunidades, sobretudo com Carlos Alberto. Foi o time rival, no entanto, que abriu o marcador aos 26 minutos após cobrança de pênalti convertido por Pereira. Ainda antes do intervalo, Carlos Alberto acertou a trave da equipe da casa em cabeçada debaixo do poste.

- Foto: Sidney Silva -

– Foto: Sidney Silva –

Na etapa final, o Brusque continuou melhor na partida, mas o gol teimava em não sair, muito também em razão de grandes defesas do goleiro Jhonatan do Joinville. O time chegou a acertar outra bola na trave com Carlos Alberto, até que o zagueirão Cleyton, de cabeça, fez justiça no placar e empatou a partida.

Com o resultado de 1 a 1, o Joinville foi para cima, mas era o Brusque que seguia criando as melhores chances. Assis e Eydison tiveram oportunidades de garantir o triunfo, mas novamente a equipe parou num inspirado goleiro adversário.

Ao fim do jogo, o resultado de 1 a 1 garantiu ao Brusque a melhor campanha entre todas as equipes sem divisão. Com 24 pontos, o time que garantiu a vaga à Série D do Brasileiro com três rodadas de antecedência finalizou na quinta colocação, à frente de todos os “pequenos” e do tradicional Avaí.

A campanha sólida foi comemorada pela diretoria e comissão técnica brusquense. O técnico Mauro Ovelha, por exemplo, chegou a ressaltar em entrevista coletiva o comprometimento dos jogadores e a qualidade dos atletas. “Só tenho a parabenizar os jogadores por essa campanha. Em uma competição difícil como essa, jogamos de igual contra todas as equipes. Dos dez jogos que fizemos contra as equipes consideradas grandes, perdemos apenas três”, ressaltou.

Com o encerramento do Catarinense, o Brusque se prepara agora para a Série D do Campeonato Brasileiro, competição prevista para iniciar em junho.

- Foto: Sidney Silva -

– Foto: Sidney Silva –

Ficha Técnica

JOINVILLE (1)
Jhonatan, Mário Sérgio, Danrlei, Victor Oliveira, Brenner, Diones, Diego Felipe, Pereira (Jonathan), Ítalo (Breno), Adriano e Felipe Alves (Zé Arthur). Técnico: Hemerson Maria

BRUSQUE (1)
Wanderson, João Neto, Negueti, Cleyton, Adãozinho; Mineiro, Cambará (Eydison), Carlos Alberto (Everton Cezar), Eliomar (Afonso), Assis e Paulinho. Técnico: Mauro Ovelha

Gols: Pereira (J), aos 26 minutos do primeiro tempo, Cleyton (B), aos 16 da etapa final
Cartões amarelos: Carlos Alberto (B).
Arbitragem: Bráulio da Silva Machado, auxiliado por Antônio Lourival Da Luz e Jennifer Cassiane Soares
Local: Arena Joinville

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.