Unifebe Vargas Neni TEVAH

Projeto do Sesi/Eja de Brusque propõe ensino lúdico da matemática

s 26 alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA) escreveram uma releitura do livro Poemas e Problemas

Só de falar em matemática, muita gente já fica com o cabelo em pé! E são vários os fatores que levam a esse sentimento de verdadeiro pavor que algumas pessoas nutrem pelos números, cálculos e equações da ciência exata. Entre eles, a falta de um ensino lúdico e diferenciado. A partir desta problemática, alunos da 8ª fase do ensino fundamental da Educação de Jovens e Adultos (EJA), promovida pelo Serviço Social da Indústria (SESI) em Brusque, desenvolveram, através do professor Pedro André Gastaldi, uma releitura do livro Poemas e Problemas, lançado em 2012 pela escritora Renata Bueno.

O projeto, intitulado de “Matemática é Vida”, consistiu na imersão dos alunos em um amplo leque de conceitos matemáticos como: quantidade de páginas, área, volume, valor do livro, tempo de entrega, horas e o essencial, os poemas matemáticos envolvendo as operações básicas. O objetivo, de acordo com Gastaldi, que leciona a matéria de Matemática e Suas Tecnologias, foi envolver os 26 alunos em atividades que conscientizem sobre a ligação direta ou indireta dos números e operações em tudo o que se possa imaginar. “O aluno vê diariamente conceitos matemáticos na sua vida e principalmente as quatro operações básicas da Matemática que aparecem desde o momento que eles acordam, até quando voltam a dormir”, ressalta o educador.

E onde entra a tecnologia em tudo isso? Bom, ela teve um espaço bastante importante no Matemática é Vida, que teve a duração de um mês de trabalhos. Cada aluno participante aprendeu a mexer em um aplicativo criador de emojis. Assim, cada um fez a sua caricatura para colocar no livro. “O acesso a esse tipo de tecnologia em sala de aula tem muito a agregar, é de suma importância aprender a usar com responsabilidade”, enfatiza Pedro.

Para a Coordenadora de Educação do SESI, Sandra Freitas, além de proporcionar estímulo ao aprendizado matemático, o projeto acaba, também, por aflorar a criatividade e a sensibilidade artística dos alunos do SESI/EJA. “Já se tornou uma prática consolidada na educação do SESI praticar metodologias de ensino diferenciadas, de maneira multidisciplinar”, ressalta.

LANÇAMENTO

Um projeto como esse não poderia deixar de ser encerrado com chave de ouro. É por isso que o livro Matemática é Vida será oficialmente lançado em um evento que ocorre no próximo dia 10 de novembro, às 18h, na Unidade de Operações Sociais do SESI Brusque, situada na Avenida Arno Carlos Gracher, 69, no Centro.

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.