Unifebe Vargas Neni TEVAH

Pesquisadores da Unifebe compartilham trabalhos em eventos de Inteligência Artificial

Os trabalhos estão relacionados com nosso projeto de pesquisa de Correção Automática de Redações e Inteligência Artificial;

Foto: divulgação -

Foto: divulgação –

Brusque – Não basta trabalhar no desenvolvimento de soluções, é preciso compartilhar com a comunidade científica o andamento de pesquisas e projetos. Por isso, o Núcleo de Inteligência Artificial e Sistemas de Informação (Niasi) do Centro Universitário de Brusque (Unifebe) comemora a aprovação de quatro artigos científicos em congressos nacionais e internacionais, de grande relevância para a comunidade técnico-científica.

De 4 a 7 de maio, dois dos trabalhos realizados pelo Niasi/Unifebe serão apresentados no “2017 VIII Computer on the Beach”, em Florianópolis (SC).

Foram aprovados os seguintes artigos: “Uma Proposta de Revisor para Identificação de Desvios de Linguagem em Textos Descritivos Formais” de autoria do acadêmico de Sistemas de Informação Jonathan Nau, do mestrando Guilherme Passero e do professor doutor Aluizio Haendchen Filho, coordenador do Niasi, e o “Comparação de Técnicas de Normalização Morfológica na Análise de Similaridade Textual” de autoria de Passero, Rudimar Dazzi e Haendchen Filho.

“Os dois artigos tratam do tema Processamento de Linguagem Natural (PLN) e Inteligência Artificial, e estão no âmbito do Projeto de Correção Automática de Redação. Com esta pesquisa, a Unifebe poderá se tornar uma das principais referências em PLN e Inteligência Artificial no estado. PLN é uma área da computação que está em forte crescimento, com investimentos massivos dos gigantes da computação tais como Google e IBM. É uma das chaves para a computação cognitiva, e entendimento da linguagem humana pelo computador”, explica o professor.

Internacional

Também foram aprovados dois artigos para conferências internacionais da área. Para a “14th International Conference on Teaching, Education and Learning (ICTEL)”, que será realizada na Universidade de Lisboa no mês de maio, foi aprovado o artigo “Evaluating the Use of the Methods Based on LSA and WordNet for Automatic Short – Answer Grading”, de autoria de Jonathan Nau, Guilherme Passero e Aluizio Haendchen Filho.

E para a “19th International Conference on Enterprise Information Systems (ICEIS)”, que será realizado na Universidade do Porto, em abril, foi aprovado o artigo “A Case-Based Approach for Reusing Decisions in the Software Development Process”, dos autores Hércules Antônio do Prado, Edilson Ferneda e Aluizio Haendchen Filho.

“Os trabalhos estão relacionados com nosso projeto de pesquisa de Correção Automática de Redações e Inteligência Artificial. Temos priorizado valorizar a participação dos alunos envolvidos em projetos de pesquisa. Isso contribui para o ingresso no Mestrado com bolsa integral, como foi o caso do egresso Lucas Debatin”, explica o coordenador do Niasi, Haendchen Filho.

Além destes, existem mais cinco artigos em produção, em estágio final de desenvolvimento com os alunos do curso de Sistemas de Informação da UNIFEBE e pesquisadores de iniciação científica do Niasi. Os artigos serão submetidos até meados de abril.

“O envolvimento crescente e direto dos alunos em projetos de pesquisa e produção científica relevante fortalece nosso trabalho, e principalmente a disseminação do conhecimento nos cursos e na instituição”, conta o professor.

Segundo o reitor Günther Lother Pertschy, é muito importante compartilhar estes resultados, que proporcionam a troca de conhecimento e incentivam cada vez mais a produção científica. “Dentro do âmbito universitário, é de extrema importância estimular a iniciação científica. Aqui, nossos acadêmicos aprendem a fazer perguntas certas para buscar soluções, visando o desenvolvimento de nossa comunidade. Esses resultados positivos, em eventos tão importantes da área da tecnologia da informação, mostram que nossos pesquisadores estão no caminho correto”, afirma.

por Assessoria de Imprensa

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.