Unifebe Vargas Neni TEVAH

Design de Moda da UNIFEBE participa do movimento global Fashion Revolution

O movimento global "Fashion Revolution" foi criado por um conselho global de líderes da indústria da moda sustentável;

Foto: divulgação -

Foto: divulgação –

Brusque – Para provocar reflexão sobre o verdadeiro custo da moda e seu impacto, os acadêmicos do curso de Design de Moda da UNIFEBE participaram nesta quinta-feira, 27/04, do Fashion “Revolution Day”.

O movimento global “Fashion Revolution” foi criado por um conselho global de líderes da indústria da moda sustentável, ativistas, imprensa e acadêmicos, e sua organização foi motivada após o desabamento do edifício Rana Plaza em Bangladesh no dia 24 de abril de 2013, deixando 1.133 mortos e 2.500 feridos. O prédio abrigava fábricas de vestuário.

Na UNIFEBE o “Fashion Revolution Day” promoveu a realização de uma feira de trocas, coordenada pelo Colab MUDA, coletivo da cidade que incentiva as práticas de consumo consciente. Os acadêmicos de diferentes cursos da UNIFEBE e comunidade trouxeram roupas, acessórios e objetos no decorrer do mês de abril para a curadoria, onde os produtos aceitos foram trocados por “moedas”, que serviram para trocar por outros objetos durante o evento.

Além disso, acadêmicos do curso também se engajaram para criar uma bandeira de retalhos, alusiva ao movimento, de 6,5 metros de altura. A bandeira, exposta no pátio do Bloco C, foi confeccionada pelos estudantes da 3ª fase de Design de Moda, na disciplina de Tecnologia do Vestuário I.

Os retalhos foram coletados pelos acadêmicos da 1ª fase do curso, que coordenaram as ações do Fashion Revolution a partir da disciplina Sistema da Moda.

Segundo o coordenador do curso de Design de Moda, Rodrigo Zen, a importância de participar do movimento está na valorização dos novos propósitos que a moda aponta como tendência, que vão muito além do consumo pelo consumo, e colocam a moda como protagonista de mudança social.

— Ter os acadêmicos protagonizando um projeto como o Fashion Revolution em nossa comunidade, que atraiu também outros cursos, famílias, e amigos, mostra como as mudanças já podem acontecer na universidade — aponta o coordenador.

O Fashion Revolution Day na UNIFEBE impactou cerca de 300 pessoas, entre acadêmicos do curso de Design de Moda, comunidade, e demais cursos da instituição.

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.