Unifebe Vargas PREFEITURA TEVAH

Desfile de 154 anos de Brusque vai contar história da democracia

Serão oito blocos que incluem desde o pelotão de abertura, o império do Brasil e os Estados Unidos do Brasil, até os sistemas municipais de participação popular e os espaços democráticos.

 

 

desfileA história do processo democrático no país será contada pela própria população durante o tradicional desfile de aniversário de Brusque. O evento está programado para o dia 4 de agosto, data em que a cidade completa 154 anos, e irá reunir estudantes, entidades e comunidade em geral para um momento de celebração da participação popular sob o tema “Mãos que constroem a nossa democracia”. O desfile tem início programado para às 15h e terá como palco a Avenida Cônsul Carlos Renaux.

Serão oito blocos que incluem desde o pelotão de abertura, o império do Brasil e os Estados Unidos do Brasil, até os sistemas municipais de participação popular e os espaços democráticos. A secretária de Governo e Gestão Estratégica, Patrícia Freitas, explica que a intenção é mostrar a história desde a época em que o processo democrático não existia até a Constituição de 88, que garantiu o envolvimento popular nas ações governamentais, ressaltando o fato de que é a comunidade que constrói a democracia no município.

Além de estar presente no tema do evento, a participação popular acontecerá na prática durante o desfile. A equipe organizadora irá distribuir pequenos questionários para que o público possa opiniar sobre a atração e também haverá outras surpresas preparadas para envolver os presentes na programação.

Novidade
Neste ano, a população também poderá fazer parte do desfile por meio de fotos que serão exibidas em dois painéis durante o evento. Para isso, os moradores devem postar uma imagem nas redes sociais Facebook, Twitter ou Instagram em que estejam utilizando as praças da cidade – incluindo as quadras, pista de skate, Academias de Todas as Idades e parquinhos – e identificar a postagem com a hashtag #Brusque154.

As fotos farão parte do bloco “Espaços Democráticos”, que ressalta as praças como locais onde historicamente, desde a Grécia antiga, se praticava a democracia direta, sendo o lugar da discussão, convivência e do debate de ideias entre os cidadãos.

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.