Unifebe Vargas PREFEITURA

Centro Universitário investe em acessibilidade

pisotatil (1)

 

Para assegurar melhores condições de atendimento e acessibilidade a pessoas com deficiência, mobilidade reduzida ou necessidades especiais, a UNIFEBE realiza diversas melhorias no campus Santa Terezinha, entre elas: colocação de piso tátil, acessibilidade para cadeirantes e rebaixamento de balcões de atendimento.

Segundo a presidente do comitê de acessibilidade da UNIFEBE, Alessandra M. Maestri Staack, adequações como estas fazem parte dos princípios da Política de Acessibilidade e Inclusão da instituição. Os investimentos ultrapassam R$ 100 mil.

— Por ser uma instituição comunitária, entendemos a acessibilidade como um compromisso com a comunidade, como forma de promover instrumentos que facilitem a circulação e a inclusão de todas as pessoas que utilizem os espaços e serviços aqui prestados — diz.

Piso tátil

O piso tátil pode até passar despercebido para quem tem o sentido da visão normal, mas para pessoas com deficiência visual ou baixa visão, ele é indispensável por permitir autonomia e maior segurança durante a locomoção. A princípio os blocos A e C serão os primeiros a receber a aplicação do piso tátil nos corredores de acesso. Posteriormente, todos os blocos serão contemplados.

 

 

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.