Unifebe Brusque Vargas Têxtil

Sindicato dos Servidores Públicos decreta Estado de Greve em Brusque

Paralisação pode começar no início do mês de abril;

Foto: divulgação -

Foto: divulgação –

Brusque – Após assembleia geral realizada pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Brusque, Guabiruba e Botuverá (Sinseb), na noite desta quarta-feira, 22 de março, ficou decretado o Estado de Greve no funcionalismo público brusquense.

De acordo com o presidente da entidade sindical, Orlando Soares Filho, a partir de agora, será criada uma comissão de greve com o objetivo de construir as condições do movimento grevista. “O início ou não da paralisação deverá ocorrer no início do mês de abril, caso se confirme a falta de avanço nas negociações. A greve deve se confirmar caso a folha de pagamento de março seja gerada sem o reajuste”, afirma.

Relembre: “Prefeitura nega reajuste salarial e Sindicato dos Servidores Públicos convoca Assembleia Geral

Embasado pelo Estatuto do Servidor Público, aprovado em 2010, o Sinseb não aceita negociar nada menos do que o reajuste salarial no valor da inflação. Ou seja, 7,4%. Na proposta apresentada para a Prefeitura de Brusque em fevereiro, foi pedida a quantia de 7,4%, como já dito, referente a inflação, mais 2% de ganho real, totalizando 9,4%. O Paço Municipal, por sua vez, não formalizou qualquer contraproposta. Verbalmente, porém, durante nova reunião nesta semana, negou qualquer reajuste salarial, disposto a conceder tão somente 20% de aumento no auxílio alimentação, o que desagradou o sindicato que assessora os funcionários públicos de Brusque.

por Wilson Schmidt Junior

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.