Unifebe Brusque Vargas Têxtil

Procon de Brusque notifica postos de combustíveis

proconpostos

Foto: divulgação –

Com o objetivo de investigar a possível prática de preço abusivo do combustível comercializado em Brusque, o Procon do município instaurou um processo administrativo e está notificando todos os mais de 80 postos que atuam na cidade.

Por meio de ofício, que está sendo entregue pessoalmente nos estabelecimentos comerciais, o órgão solicita cópias das notas fiscais de aquisição dos combustíveis gasolina, óleo diesel e etanol, correspondente aos últimos três meses e o valor de venda praticado no período.

O diretor do Procon, Dantes Krieger Filho, explica que cada posto tem até 10 dias para apresentar as informações. “Além de verificar se há preço abusivo, vamos verificar se existe a prática do cartel.”

Após receber todas as informações, será feito um comparativo do preço que o combustível foi adquirido com o valor de venda e a partir disso o Procon, junto à Procuradoria Jurídica emitirá um parecer final.

Ao todo vinte postos já foram notificados da semana passada para cá.  “O preço médio da gasolina no estado é de R$ 3,54 e em Brusque a gasolina é vendida entre R$ 3,70 e R$ 3,80”, informa o diretor do Procon.

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.