Unifebe Vargas Câmara

Prefeitura de Brusque quer desburocratizar processo para criação de empresas

Essa é a intenção, conforme destacou o prefeito de Brusque, Jonas Paegle, em reunião com membros do núcleo de Empresas Contábeis da Associação Empresarial de Brusque;

Foto: divulgação -

Foto: divulgação –

Brusque – A Prefeitura de Brusque vai trabalhar para desburocratizar o processo de criação de empresas na cidade. Essa é a intenção, conforme destacou o prefeito de Brusque, Jonas Paegle, em reunião com membros do núcleo de Empresas Contábeis da Associação Empresarial de Brusque (AciBr).

O prefeito recebeu a visita do presidente da AciBr, Halisson Habitzreuter, e de representantes do núcleo para discutir sobre melhorias no sistema municipal de tributação. O assunto – acompanhado por outras autoridades do poder público – foi amplamente debatido. A ideia da Acibr, que encontrou consenso com a intenção da prefeitura, é de facilitar todo o processo burocrático enfrentado hoje para abertura de novas empresas.

O prefeito Jonas Paegle diz que vai reunir profissionais de todos os segmentos para que a prefeitura trabalhe de forma uniforme nos processos. “Temos que trazer para discussão a Vigilância Sanitária, os profissionais da tributação, Ibplan, Fundema e Corpo de Bombeiros. É preciso que todos trabalhem no mesmo caminho para o município não perder empresas e consequentemente arrecadação. Queremos diminuir a morosidade”, explica. Segundo o prefeito também há a necessidade de uniformização do sistema “para que os órgãos possam interagir e se ganhe tempo”.

A sugestão de reunir todas as entidades foi do vereador e líder do governo na Câmara, Deivis Junior. Ele considera que é preciso incorporar todos os núcleos dentro do processo. “Assim vamos identificar quais são os desafios de cada área e criar um documento com as devidas responsabilidades”, diz.

O procurador geral do município, Mario Mesquita, sugere que seja feita após a reunião – já agendada para o próximo dia 21 – uma instrução normativa. “A partir disso cria-se um check list de procedimentos e segue-se o padrão”, explica.

A burocratização para a abertura de novas empresas é uma das principais preocupações do núcleo de Empresas Contábeis da AciBr, conforme explica Halisson Habitzreuter. “Viemos trazer um raio-x do que está acontecendo. Identificar gargalos e sugerir melhorias para a classe empresarial para qual prestamos serviços”, observa.

Habitzreuter, ao lado do coordenador do Núcleo de Empresas Contábeis, André Klabunde, colocou todo o segmento à disposição para auxiliar com capacitação aos profissionais da Prefeitura de Brusque. Na reunião do dia 21, a entidade apresentará um fluxograma para o poder público seguir conforme sugestão do diretor geral do TI, Willian Molina. “Com isso, será montada uma proposta para os representantes de todos os setores da Prefeitura”, explica Molina.

Além das autoridades já citadas, o vice-prefeito de Brusque, Ari Vequi, também acompanhou a reunião. Ainda participaram a secretaria da Fazenda Edena Beatris Censi, o secretário de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda, João Beuting, e demais representantes da AciBr.

por Assessoria de Imprensa

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.