Unifebe Vargas TEVAH

Churrasco de fim de ano vai ficar mais salgado para o consumidor

Quase todos os cortes bovinos chegam ao fim do ano com aumento acima da inflação.

O tradicional churrasco de comemoração do fim de ano vai pesar mais no bolso do consumidor. Isso porque, os preços das carnes subiram bem mais do que a inflação, nos últimos 12 meses. A alcatra subiu 19%, a picanha quase 12% e a costela, mais de 23%.

Foto: Josi Dias

Foto: Josi Dias

Em média, o churrasco vai custar 20% mais caro do que no ano passado. E não é só a carne bovina que aumentou. O preço da carne de porco, uma das mais procuradas nesta época, também tem assustado os consumidores.
“No ano passado eu vendia R$ 18 reais o quilo, o leitão. Este ano, eu estou vendendo a R$ 28”, conta o proprietário de um açougue de Brusque.
A explicação para o aumento está relacionada a quantidade de exportações para abastecer outros países.

O gerente do programa Carne Pampa da Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB), Alfredo Drissen, atribui o aumento a grande procura pelo produto.  “A exportação de carne brasileira está muito aquecida, logo, a demanda está maior e a oferta não a supre. Também tem que considerar que a carne bovina sobre a influência de outros fatores, como o preço do milho e da soja e também à expansão da agricultura, que ocasiona na redução dos espaços de criação de gado. Nos últimos anos, o número de abates está estagnado em função desta redução”, explica.

Em época de preços altos, o consumidor precisa pesquisar. “Ah, está um absurdo, caro demais. Se não fosse fim de ano eu não compraria, depois do ano novo, vou comer frango que está mais barato”, diz uma dona de casa Eva Regina  Loss.

Repórter: Josi Dias

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.