Unifebe Brusque Vargas Têxtil

Preço de banana: empresa de Minas Gerais adquire maquinário da Renaux

Leilão ocorreu na tarde desta quinta-feira (28), no Fórum da Comarca de Brusque;

Foto: Epitácio Pessoa -

Foto: Epitácio Pessoa –

Brusque – Uma empresa têxtil de Minas Gerais foi a ganhadora do leilão realizado na tarde desta quinta-feira (28), na Vara Comercial do Fórum da Comarca de Brusque. Pelo preço de R$ 2,55 milhões, todo o maquinário que pertencia a massa falida da Fábrica de Tecidos Carlos Renaux agora tem como proprietário a IBTex, do estado do sudeste brasileiro. A tomada de preços ocorreu por meio de cartas fechadas, que foram abertas às 14h de hoje.

Para Anibal Boetger, presidente do  Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Fiação, Malharia, Tinturaria, Tecelagem e Assemelhados de Brusque e Região (Sintrafite), todo o montante foi vendido a um verdadeiro preço de banana. “Nós entendemos, diante daquela avaliação que contestamos, que todo o maquinário superaria o valor de R$ 5 milhões. Pra nós, foi comercializado num valor muito abaixo do mercado”, frisou ele, em entrevista a Olhar do Vale (ODV).

Agora todo esse dinheiro irá para uma conta judicial e deverá ser liberado para os credores trabalhistas apenas após avaliação e leilão do patrimônio imobiliário da corporação falida. O Poder Judiciário concordou em um período de cinco meses para que corretores especializados especulassem o preço de todos os terrenos. “Hoje foi só mais um capítulo da novela e a gente ainda não prevê um final”, cravou Boetger.

por Wilson Schmidt Junior

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.