Unifebe Vargas TEVAH

“O Brasil vai voltar a crescer”

Perspectiva foi apresentada pelo economista Marcelo Piragibe durante 15º Almoço de Ideias da ACIBr

IMG_9700

Com o objetivo de promover uma reflexão sobre o cenário econômico do país, apresentar perspectivas de crescimento, bem como promover o network e a troca de experiência e conhecimento, a Associação Empresarial de Brusque (ACIBr) realizou na sexta-feira, 12 de agosto, a 15ª edição do Almoço de Ideias. Com um público de cerca de 250 pessoas, formado em especial por empresários e lideranças de classe e políticas, o evento contou com a palestra do economista Marcelo Piragibe, que falou sobre ‘As novas oportunidades de mercado: como se preparar para o novo ciclo econômico’.

Ao longo do encontro, o palestrante fez uma reflexão conjunta com o público, onde apresentou historicamente os ciclos econômicos do Brasil, as crises mundiais que afetaram diversos países nas últimas décadas, bem como a importância de os empresários se prepararem com as mudanças atuais para a próxima fase do país.

Através de gráficos, números e cases de sucesso, Piragibe mostrou ainda uma visão econômica do novo crescimento do Brasil previsto para os próximos meses, bem como as ferramentas necessárias para que as empresas estejam preparadas e fortes para essa nova fase, relacionadas à gestão, ao conhecimento da economia e da micro economia, à parte de pessoas, planejamento estratégico e principalmente de qualidade. “Essas ferramentas são os fundamentos para que as empresas se preparem, para que quando houver um novo crescimento, elas tenham a oportunidade de aproveitá-lo da melhor forma”, pontuou.

 

Retomada olímpica

Segundo o economista, pelo fato de o Brasil não ter feito as correções necessárias nos últimos dez anos, nem reformas em diversos âmbitos, o país ficou semelhante a um ‘maratonista’ que disputa uma corrida sem parar. “Em 2002 tivemos o início dessa corrida. Em 2004 já eram necessárias reformas tributárias, previdenciárias, políticas e educacionais, que não foram feitas. Em 2008 o mundo teve uma crise, mas o Brasil não se preparou novamente. Assim como um maratonista, ao invés de parar em 40 quilômetros, ele continuou correndo 60, 80, 100 quilômetros direto, o que o levou a ir para a UTI recentemente. Ou seja, após um ciclo muito longo sem reformas, sem repensar custos e se reestruturar, a retomada e a melhora também são mais longas, mas elas estão ocorrendo”, afirmou.

 Além disso, de acordo com o especialista, as perspectivas são de que as mudanças positivas já comecem a ocorrer nos próximos meses. “Os índices mostram que já paramos de ‘cair’, então temos que nos preparar para os próximos 12 meses. Com certeza no segundo semestre de 2017 teremos um crescimento positivo, pelo fato da inércia e do nosso ‘maratonista’ já voltar a correr”, comentou.

Por fim o palestrante falou sobre a importância do Almoço de Ideias e avaliou a oportunidade de lideranças políticas e empresariais se encontrarem como um momento essencial para mudanças. “Quem participa desse evento são pessoas que possuem uma consciência diferenciada, que querem refletir para melhorar. Ou seja, se o empresário tem o conhecimento e se ele possui articulação política e social, as mudanças acontecem.

Estar aqui neste encontro já é uma mudança e, além de pensar e discutir, os empresários e os políticos precisam ter vontade de planejar e fazer acontecer. Os empresários fazem a diferença e podem continuar fazendo, basta querer. Parabéns a todos pela vontade de querer fazer”, acrescentou.

 

Conhecimento para crescer

O presidente da ACIBr, Halisson Habitzreuter acredita que o país já esteja vivendo um momento ‘pós-crise’ e com a palestra os empresários tiveram acesso a informações importantes para melhor planejar as atividades de cada empresa, nos mais variados setores, para o novo ciclo econômico. “Tivemos valiosas dicas e que irão colaborar para o desenvolvimento de toda a região de Brusque, Guabiruba e Botuverá. A ACIBr também acredita que já passamos pelo pior dessa crise, mas as questões econômicas ainda dependem muito das decisões políticas. Sabemos que o momento complicado da economia que vivemos é derivado de uma grande crise política no país inteiro. Algumas soluções estão sendo tomadas, em nível federal, mas precisamos evoluir muito ainda na questão política e esperamos em virtude disso uma melhora econômica”, frisou.

Entre os empresários que prestigiaram o Almoço de Ideias da ACIBr também estava Beno Alcides Buttchevits, que assim como o presidente da ACIBr e demais empresários acredita que somente através da união empresarial, do conhecimento e preparo é possível buscar soluções para a retomada do crescimento econômico. “O Almoço de Ideias é um evento já concretizado em Brusque e foi um momento essencial, pois o conteúdo apresentado irá auxiliar os empresários a acreditarem um pouco mais no país e também na política, que precisa ser vista e feita de outra forma, para trazer menos prejuízos possíveis para a sociedade. Esperamos ter um ano positivo em 2017, até pela mudança nas administrações municipais com as próximas eleições em outubro, e com certeza teremos um novo ciclo para os empresários do ramo da indústria, serviços e comércio”, completou.

 

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.