Unifebe Vargas PREFEITURA TEVAH

Contra reformas do governo, Fórum Sindical organiza protesto em Brusque

O evento na cidade está sendo organizado pelo Fórum de Entidades Sindicais de Trabalhadores de Brusque e região. A intenção é convencer a população a ir as ruas e demonstrar indignação contra as medidas;

Foto: divulgação -

Foto: ilustração –

Brusque – Na próxima sexta-feira (28), vai ser realizado um manifesto em nível nacional contra as reformas da Previdência e Trabalhista. Os atos estão sendo organizados em resposta às duas propostas do governo federal, a PEC 287, da Previdência, e o projeto de lei 6.8787/2016, de reforma da CLT, encaminhados pelo governo ao Congresso Nacional. Em Brusque, o protesto acontecerá durante todo o dia, com destaque para uma passeata pelas ruas centrais do município no período da tarde.

O evento na cidade está sendo organizado pelo Fórum de Entidades Sindicais de Trabalhadores de Brusque e região. A intenção é convencer a população a ir as ruas e demonstrar indignação contra as medidas do governo.

“Estamos convidando a população a vir para a rua, vestir roupa preta em protesto contra este pacote de maldades que o governo federal que empurrar na população”, comenta o coordenador do Fórum, Joao Decker.

Já nas primeiras horas da manhã de sexta-feira haverá entrega de panfletos em alguns pontos na área central da cidade. O material busca informar a população sobre o que supostamente está por trás dos projetos e como ela – na visão dos Fórum das Entidades Sindicais – será diretamente prejudicada em todos os setores. Pontos como idade mínima, tempo de contribuição, pensões por morte e outros elementos que integram a reforma da Previdência estão entre eles.

Já em relação a reforma trabalhista, o material alertará sobre mudanças como jornada intermitente (a empresa passará a pagar apenas pelas horas trabalhadas – se não precisar do trabalhador, ele terá de ficar em casa sem receber), ampliação do período de contrato temporário, férias e jornada de trabalho e terceirização, entre outros.

Passeata vai percorrer ruas do Centro

A partir das 15h, uma passeata sairá pelas principais ruas do Centro. A intenção e de que as pessoas se juntem ao manifesto vestindo roupas pretas para demonstrar a indignação contra as propostas. A caminhada terá o trajeto definido ainda, mas sairá da Praça Gilberto Colzani, em frente ao terminal urbano.

O manifesto acontecerá em todo o pais e está sendo organizado pelas centrais sindicais, em um trabalho conjunto. Além de chamar atenção do governo federal sobre a contrariedade que parcela da população tem em relação as medidas, a intenção é mostrar aos deputados federais e senadores, que vão votar ambas as propostas.

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.