Unifebe Vargas TEVAH

Ampe lança projeto de inclusão digital em Brusque

inclusão digital_2

Foto: divulgação –

Na noite de quinta-feira, 20 de agosto, a Associação das Micro e Pequenas Empresas de Brusque e região (AmpeBr), em parceria com a Prefeitura de Brusque, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), e com o Sebrae/SC,  lançou oficialmente o Projeto de Inclusão Digital. O evento, realizado no Clube Caça e Tiro Araújo Brusque, reuniu cerca de 50 empresários interessados em participar da iniciativa, que terão seus sites desenvolvidos através da Inclusão Digital.

O projeto é voltado às micro e pequenas empresas e Microempreendedores Individuais (MEI) e tem por objetivo desenvolver 100 sites para 100 empresas ou MEIS de Brusque que atuam em diversos segmentos, para que possam divulgar seus produtos e serviços. Além disso, o projeto é oferecido por um custo reduzido, onde o empresário ou MEI investe apenas R$ 300, já que o valor restante é subsidiado pelo Sebrae/SC, AmpeBr e SDE.

“Até pouco tempo, apenas um cartão de visitas já era suficiente. Hoje, esse cartão precisa ter seus dados e também o endereço do seu website, já que a velocidade da comunicação é muito grande. E essa parceria irá atender todos aqueles que ainda não estavam inseridos no mercado digital, e o mais importante: a um custo reduzido”, declarou o presidente da AmpeBr e secretário de Desenvolvimento Econômico de Brusque, Luiz Carlos Rosin. 

Cadastro

Durante o evento, foi realizada a primeira etapa do projeto com os cadastros dos interessados e as assinaturas dos primeiros 40 contratos para efetivação dos sites, que devem ser entregues em 50 dias. Conforme o desempenho, o projeto dará a continuidade a sua segunda fase, com o desenvolvimento de mais 30 páginas na web. A terceira etapa do projeto contemplará outros 30 sites.

Além disso, inscritos e interessados puderam conhecer na oportunidade mais sobre o projeto, com orientações e esclarecimento de dúvidas sobre o funcionamento dos sites na prática. O responsável pela apresentação foi o engenheiro Guilherme Tomio, CEO da empresaEmprezaz.Com, vencedora da licitação do projeto de Inclusão e que será a responsável pelo desenvolvimento dos sites.

Os sites serão adequados conforme as necessidades e as preferências da micro e pequena empresa ou do MEI e após a definição, o próprio empresário poderá fazer a edição da página sem custos de manuseio e com um 0800 para consultas. Ou seja: o próprio empresário poderá manter esse site atualizado e alimentá-lo conforme suas necessidades.

 “O nosso foco é fazermos um site de baixo custo, para que a pessoa tenha um maior resultado com menor investimento. Se eu tivesse uma oportunidade como essa, no início da minha empresa, com certeza teria avançado muito mais, teria tido mais visibilidade, e fortalecido ainda mais o meu negócio”, comentou Tomio.

Apoio

O Sebrae/SC participa da Inclusão Digital através do programa Sebrae-Tec, que subsidia o processo de melhorias, de em torno de 80% dos sites.

O coordenador Regional do Sebrae/SC da Foz do Itajaí, Alcides Cláudio Sgrott Filho, reforçou a relevância do projeto, por ser uma oportunidade das empresas mostrarem  seu trabalho através da internet, bem como por reunir entidades representativas e significativas no município. “Temos a Sala do Empreendedor na Prefeitura, onde muitos procuram pelo serviço, para se cadastrarem como MEI. E como o Sebrae/SC e a AmpeBr também atendem esse público, essa parceria só vem para contribuir e dar oportunidade de maior crescimento a esse empreendedor. É através da união e do associativismo que chegamos mais além em prol das nossas empresas e economia da região”, comentou.

Boas expectativas

Entre os que fizeram a inscrição para a primeira fase do projeto, estava a empresária Patrícia Schaefer, da empresa Silvia Schaefer Biquinis. A marca, que existe há cerca de dez anos ainda não possui site próprio, e a partir do projeto da AmpeBr terá auxilio na ampliação de seus negócios. “É uma ótima iniciativa e vai nos ajudar muito, já que a estrutura do site é fácil de editar, e ainda mais com um custo reduzido. Com certeza demoraria muito mais e sairia muito mais caro se fizéssemos de outra forma”, avaliou. Assim como ela, a empresária da Cardium, Neide Dalsenter também acredita que o Projeto de Inclusão Digital só trará benefícios para o fortalecimento de sua marca. “Já tínhamos um site, entretanto ele estava ultrapassado. Buscamos algumas formas de fazer um novo, mas os valores eram muito altos e a própria manutenção e atualização da página é difícil de ser feita. Essa iniciativa é excelente, pois podemos ter um site bom e que irá atender as nossas necessidades, sempre podendo atualizá-lo conforme o lançamento das coleções”, completou.

Para o presidente da AmpeBr, os primeiros passos foram dados ampliar a divulgação e oferta de negócios das empresas interessadas. “Hoje, o maior representante de uma empresa é um website e, ter uma página bem informada é essencial. Além disso, Brusque é uma cidade empreendedora, e essa é mais uma forma de a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Sebrae e AmpeBr desenvolverem um trabalho que irá alavancar cada vez mais os negócios na região”, completou Rosin.

Saiba mais

Interessados em participar do projeto podem entrar em contato com a AmpeBr no: (47) 3351-3811. A Inclusão Digital é aberta a todos os interessados, independente de serem associados a AmpeBr ou não.

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.