Unifebe Vargas Câmara

6º Encontro Regional do Jovem Empreendedor acontece em Brusque

2

Na tarde desta terça-feira, 12 de setembro, foi realizado na empresa RC Conti – Mensageiro dos Sonhos, o 6º Encontro Regional do Jovem Empreendedor (Erje). O evento, realizado pelo núcleo ACIBr Jovem, em parceria com o Conselho Estadual de Jovens Empreendedores de Santa Catarina (Cejesc), contou com a presença e recepção das empresárias Rita Cassia Conti e Patrícia Conti.
“O objetivo é reunir empresários do Vale, para que conheçam o modelo de gestão, as ferramentas de logística e como as diretoras da RC Conti conduzem suas operações. É através de visitas técnicas que o jovem empreendedor tem a chance de buscar novas informações e, quem sabe, vislumbrar outras oportunidades”, afirma o coordenador do ACIBr Jovem, Eduardo Imhof.
Para o futuro vice-presidente regional do Vale da Cejesc (eleito para a gestão de 2018), Luiz Carlos Gama Alves Junior, as visitas técnicas são importantes porque compartilham boas práticas. “Como os Núcleos de Jovens Empresários são multissetoriais existe essa possibilidade de entender como o mercado funciona para os diferentes segmentos. E, muitas vezes, nas visitas técnicas, aparece o insight que vai fazer a diferença e fomentar o nosso próprio negócio”, afirma Gama Junior.
Além da visita técnica, o evento contou com a reunião trimestral da Cejesc. Na pauta estava a avaliação do trabalho executado no último biênio, com a intenção de mapear ações positivas e negativas, para implementar as ações entre 2018 e 2019.
“Crescemos muito, tanto em número de nucleados, quanto em representatividade. As ações promovidas tiveram um grande impacto na comunidade e, prova disso, é o Feirão do Imposto, um projeto que iniciou em Joinville e que agora já assume uma proporção nacional”, avalia o futuro vice-presidente regional.
Segundo ele, a intenção da nova gestão é dar continuidade ao trabalho que vem sendo desenvolvido, ao mesmo tempo em que se assume o desafio de acelerar o crescimento e atuação da entidade. “Queremos propor ações mais pontuais, para que aconteçam de forma simultânea nos municípios. Da mesma forma, esperamos que outros jovens empreendedores se unam ao grupo, sempre buscando a participação nas Associações Empresariais de cada cidade”, destaca Gama Junior.
O consultor regional da Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (Facisc), Albert Hugo Sabin, também acompanhou o evento e se mostrou satisfeito por conhecer a estrutura e o trabalho organizacional desenvolvido na empresa RC Conti – Mensageiro dos Sonhos. “Quando compramos o produto não temos a percepção de tudo que envolve a fabricação. E esta abertura foi positiva porque nos apresentou os desafios e a busca contínua pela melhora dos processos internos. Tenho certeza que os jovens empreendedores vão levar esses aprendizados para a vida”, enfatiza Sabino.
Segundo o consultor, para a Facisc a presença do jovem dentro das Associações Empresariais é fundamental para oxigenar os processos. “Incluir o jovem no associativismo é importante porque ele percebe que a construção em conjunto é essencial e melhora as relações comunitárias e empresariais”, pontua.

Amor pelo que se faz
Foi com alegria que a empresária Rita Cassia Conti recebeu o convite para abrir as portas de sua empresa durante o 6º Encontro Regional do Jovem Empreendedor. Ela, que é diretora financeira da ACIBr, já coordenou também o trabalho dos Núcleos da entidade, em uma época na qual o Núcleo Jovem ainda estava em formação. Além disso, a empresária é entusiasta do associativismo e acumula cargos como a presidência do Sindicato das Indústrias do Vestuário (Sindivest) e a direção da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc).
“Acredito no associativismo e nesta conversão única que é o bem maior, que nos permite evoluir, crescer e prosperar. O objetivo desta tarde foi partilhar boas ideias e conhecimento. Nossa empresa é pequena, enxuta, mas mantemos boas práticas de gestão. É importante estar aberto e esta troca de experiência faz com que todos nós possamos crescer”, avalia a empresária.
Para Rita, obstáculos fazem parte da vida, mas o associativismo permite a construção de algumas pontes através do conhecimento compartilhado. “Ouvindo a nossa história talvez já não seja preciso passar por tantos obstáculos e se abrevia o caminho para o sucesso. Apresentamos nossos números e indicadores e as parcerias que mantemos com o Senai, Fiesc e Sebrae”, acrescenta.
E como forma de valorizar o associativismo e a relação mantida com as empresas nucleadas, a RC Conti – Mensageiro dos Sonhos, priorizou a compra de produtos para o happy hour de empresas associadas à ACIBr.
A também diretora da empresa, Patrícia Conti, é integrante do ACIBr Jovem e recebeu seus amigos com alegria. “É o momento que o olho brilha mais, o coração bate mais forte. É hora de mostrar tudo aquilo que já falamos nas reuniões, sobre o projeto Lean Manufactoring. Fazer com que um pijama chegue na prateleira de uma loja ou magazine depende de um processo. E nós cuidamos de cada milímetro da empresa através de indicadores. A produção, por exemplo, é de 15 mil peças por dia. Isso está escrito e é visual. Como foi planejado, não pode ter falhas no decorrer do processo, como falta de agulha ou botão. Nós trabalhamos com time e precisamos desta certeza e segurança”, pontua Patrícia.
A empresária explica que a adoção de painéis em todos os setores é chamada de “gestão à vista”. Assim, quando a meta diária não é atingida, existe uma explicação. E ninguém quer esconder o erro. Ao contrário, é preciso identificá-lo para corrigi-lo.
Outro detalhe que chamou a atenção durante a visita técnica foram os colaboradores em cargo de chefias. A maior parte deles tem muitos anos de trabalho na empresa. Todos foram convidados para falar um pouco sobre a rotina do setor, acompanhados pelos sorrisos e abraços de Rita e Patrícia. “Teve uma época na qual a gente pensava sobre como reter funcionário. Hoje sabemos que não tem receita ou magia. O segredo está no ambiente de trabalho. Quando você acorda de manhã chateado pelo cargo que ocupa em determinada empresa, pode ganhar um salário de R$ 20 mil e mais benefícios que não será suficiente. Hoje, na empresa, temos um ambiente de trabalho harmonioso, mas que não dependeu de mim ou da Rita. Foram os funcionários que criaram e são eles que mantêm esta vibração”, descreve.
Quase no final da visita técnica, foi apresentado o laboratório da empresa, onde são testadas todas as malhas que se transformam em produtos na empresa. “Tudo passa pelo teste de encolhimento e solidez. Cuidamos deste processo na fonte porque depois que já está pronto, não tem mais o que se fazer. Só depois desta análise é que a malha entra na nossa linha de produção”, conta Patrícia.

Avaliação positiva
Durante quase quatro horas de evento, quem se comportou muito bem foi a bebê Manuela, de três meses. Sempre no colo da mãe, Gabriela Kelm, ou do pai, Marco Canassa, a menina já nasceu neste ambiente de empreendedorismo. “A minha licença maternidade durou seis dias. Desde então, ela vai para o trabalho comigo. Já participou, inclusive, de uma convenção em Salvador e de um treinamento em Porto Alegre”, relata a mãe.
O casal mora em Itajaí, ambos são empreendedores e membros da Associação Empresarial do município. Mais do que isso, integram o Núcleo de Jovens Empreendedores e participam ativamente das ações desenvolvidas.
“É mais fácil você alcançar o sucesso quando aprende bons exemplos. Hoje conheci uma baita gestão e o que mais gostei foi esse zelo pelos colaboradores. Já conhecia a marca, mas agora me tornei também a mensageira da RC Conti e vou falar muito sobre o que vi aqui”, explica Gabriela.
A empresária Cristiane Zen, que faz parte do ACIBr Jovem também elogiou o evento. “O que mais me encantou foi a paixão pelo que se faz. A Rita e Patrícia são exemplos de liderança e postura, principalmente a forma como trata os outros, com essa proximidade e abraço. A impressão que temos é que todos aqui trabalham felizes”, observa.

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.