Unifebe Vargas PREFEITURA

13ª Pronegócio de Alto Verão encerra com um milhão de peças vendidas

Rodada teve um crescimento de 29% com relação à edição de 2015

Um milhão de peças vendidas. Esse foi o resultado da 13ª Pronegócio de Alto Verão, que encerrou os trabalhos no final da tarde desta sexta-feira, 26 de agosto, em Brusque. Promovida pela Associação das Micro e Pequenas Empresas de Brusque e Região em parceria com o Sebrae/SC, a rodada de confecções apresentou a coleção alto verão de 150 empresas de Santa Catarina, nos segmentos feminino, masculino, infantil, cama, mesa e banho, e moda praia.

De acordo com o presidente da AmpeBr, Luiz Carlos Rosin, a avaliação do evento por parte de toda diretoria da associação é muito positiva. “Tínhamos uma projeção, mas jamais íamos imaginar que alcançaríamos números tão expressivos. Isso porque nós vimos a conjuntura do país e estávamos acreditando ao menos alcançar os números da rodada anterior de Alto Verão. Porém, essa 13ª edição nos surpreendeu. Tivemos um avanço de 29%, chegando a um milhão de peças vendidas. Isso é muito importante para toda cadeia têxtil da região e para os nossos empresários”, ressaltou.

Na avaliação do presidente, os números são reflexo do trabalho feito com antecedência pela diretoria da AmpeBr, associados e staff. Nos últimos meses, diretores da entidade realizaram missões de prospecção de clientes em diversas regiões do país, o que refletiu diretamente nesta edição da Pronegócio, que recebeu compradores de potencial de Goiânia, Rondônia, Belém do Pará, além dos clientes que já são parceiros da AmpeBr. “Com certeza foi algo que fez toda diferença. E isso nos envaidece muito porque vemos que todo trabalho que foi feito, foi recompensado com os números que foram apresentados na 13ª Pronegócio”, analisa Rosin, que enaltece ainda a parceria com o Sebrae e o trabalho desenvolvido pelo projeto Moda Catarina como fatores importantes no sucesso da rodada.

 

Compras e vendas positivas

Entre os que participaram desta edição da rodada estava o comprador Márcio Negreiros, de Acreúna (GO). Ele, que esteve pela primeira vez na Pronegócio ficou surpreso com a estrutura e os produtos oferecidos no evento. “Aceitamos o convite feito pelos diretores da AmpeBr,  durante a viagem de prospecção, e ficamos muitos felizes com o que encontramos aqui. São produtos com uma qualidade diferenciada e que atenderam as nossas expectativas. Os negócios foram muito bons, com o preço e condições de pagamento esperado. Com certeza é uma porta que se abriu para negócios futuros. Vamos continuar participando e trazer parceiros de outras lojas do nosso grupo”, destacou.

Da mesma forma, o vendedor Jarbas Cardoso, de Guabiruba, também avaliou de forma muito positiva a participação da empresa na Pronegócio. “É a segunda vez que participamos e além de reativar clientes, conquistamos novos compradores e divulgamos a marca para todo o Brasil. A rodada representa em torno de 30% do nosso faturamento, o que é algo muito significativo, em especial pela situação econômica do mercado. Com certeza nas próximas edições estaremos aqui novamente com os nossos produtos”, completou.

 

Clustex e Preview de Inverno

Com o término da 13ª Pronegócio de Alto Verão a AmpeBr concentra sua atenção para os preparativos da Preview Inverno 2017 (rodada de negócios de confecção) e para o Clustex – 2º Fórum Internacional de Clusters Têxteis Sul-Americano e Caribenho, que acontecem no mês de novembro.

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.