Unifebe Vargas Neni TEVAH

Italianos visitam Botuverá

italianos-visitam-botuvera-20150721

Foto: divulgação –

Botuverá – Italianos da cidade de Crema, província de Cremona próximo de Bérgamo na Itália, estiveram em Botuverá para visitar e conhecer a cidade que cultiva as tradições italianas e que preserva o dialeto Bergamasco.

O prefeito em exercício, Nilo Barni, recebeu o casal de italianos, Enrico Fantoni e Emilia (Mima) Benelli, que estavam acompanhados da irmã Rosali Paloschi e seu pai Euclides Paloschi.

O casal de italianos, que já morou no Brasil na década de 70, motivado pelo trabalho missionário na época, comenta sobre o dialeto que resistiu ao tempo e ainda é falado em Botuverá. Na Itália, o dialeto perdeu sua força com o passar do tempo e somente os mais antigos cultivam essa tradição, surpreendendo o casal que encontrou na cidade o resgate dessa cultura.

Enrico e Emilia conheceram a irmã Rosali numa visita dela a Itália onde participou de uma pesquisa que estava sendo realizada para resgatar a história das famílias que migraram de Crema para outros países. O principal foco da pesquisa era identificar, através de relatos de imigrantes italianos, quais benefícios a imigração pode levar a um país. Através da fala da irmã Rosali o casal se interessou pela história de Botuverá, o que motivou a vinda dos italianos para cá, onde encontraram sobrenomes de famílias que dizem ser originárias da região de Crema na Itália.

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.