Unifebe Vargas Neni TEVAH

Espetáculo musical comemora 44 anos da UNIFEBE

Unifebe 44 anos - Email Marketing_Convite
Ao som de Djavan, Gilberto Gil, Chico Buarque, Tom Jobim e outros clássicos da música popular brasileira, a UNIFEBE comemora nesta terça-feira, 29 de agosto, seus 44 anos de história. O aniversário da Instituição será celebrado com o Espetáculo Musical de Música Popular Brasileira do Coro UNIFEBE, sob a regência de Louise Clemente, a partir das 19h30 no teatro do Centro Empresarial Social e Cultural de Brusque – CESCB, com entrada gratuita.
Segundo a coordenadora de eventos da UNIFEBE, Luana Franciele Fernandes Alves, a programação foi preparada com objetivo de disseminar a cultura e comemorar com a comunidade este importante momento Institucional.
— Preparamos uma programação especial para o aniversário de 44 anos da Instituição que tem como ponto alto o Espetáculo do Coro — conta.
A regente Louise explica que a inspiração para o espetáculo foi prestar uma homenagem aos compositores da Música Popular Brasileira, ao mesmo tempo em que comemora o aniversário da UNIFEBE. No dia 29 de agosto, o coro pretende despertar no público sensações de alegria, entusiasmo e gratidão por essa profissão tão bonita que é a do compositor.
— Há muito tempo nos dedicamos à interpretação de repertório de MPB como foco principal. Nada mais justo do que homenagear esses artistas que nos presenteiam com suas obras primas para que possamos apreciar e interpretar. Compor é uma atividade que exige muito conhecimento musical, criatividade, expressividade, sensibilidade e diversas outras qualidades que a tornam muito especial — afirma.
O espetáculo também contará com a participação especial da cantora Tatiane Krieger Niebuhr e das integrantes do Canto Daqui Ally Knihs e Cintia Torresani Pagel.
Para a coralista Maria Beatriz E. dos Santos, acadêmica de Publicidade e Propaganda, a apresentação será ainda mais especial pois no mês de agosto ela completa um ano de participação no Coro UNIFEBE.
— Desde a infância sempre tive um grande envolvimento com música, logo, vi essa oportunidade de me reconectar e dar continuidade a essa paixão. Como acadêmica e coralista, sinto-me honrada por fazer parte deste momento tão importante para a UNIFEBE— destaca.

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.