Unifebe Vargas TEVAH

Especial Rainhas: 9º Reinado – Cíntia Boos

Cintia Boss (à esquerda) foi eleita em 1994

Cintia Boss (à esquerda) foi eleita em 1994

A série Especial Rainhas da Fenarreco chegou ao ano de 1994. A Festa Nacional do Marreco estava às vésperas de completar uma década, quando Cíntia Boos recebeu a coroa de sua antecessora, Sandra Deichmann.

Para conseguir representar a Fenarreco, sua trajetória não foi diferente das candidatas eleitas até então. Segundo ela, conhecer cada detalhe da festa e da cidade era fundamental para alcançar o posto. “Na época a gente teve que estudar sobre a cidade e saber todos os pontos turísticos. Saber sobre as comidas típicas. Saber tudo que tinha na festa”, explica.

As viagens para diferentes estados proporcionaram momentos que a ex-rainha guarda com carinho até os dias de hoje. Para ela, a animação dos visitantes foi o que mais chamou a sua atenção. “Muita gente legal e animada, que gostava muito da festa na época”, lembra.

Cíntia ainda aproveitou o posto de realeza por mais um ano. Embora seu reinado estivesse chegado ao fim, participou de eventos no ano seguinte devido a indisponibilidade de sua sucessora, “Em 95 a rainha não pode viajar e eu viajei várias vezes para ela”, conta.

Mesmo que representar a principal festa da cidade seja um trabalho árduo e uma grande responsabilidade, Cíntia diz que foi gratificante poder ter vivenciado esse momento. “As futuras rainhas têm que se divertir e se empenhar bastante, além de dançar muito. Fica uma saudade de dançar e ficar no meio do povo”, finaliza.

Texto: Olhar do Vale

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.