Unifebe Vargas TEVAH

Em busca de novos instrumentos, Fanfarra João Boos realiza 1ª Noite do X-Salada

Cartões já estão sendo vendidos para evento que ocorre no dia 9 de março;

 

Foto: divulgação -

Foto: divulgação –

Guabiruba – Em busca de interação com a comunidade e, também, de recursos que possibilitem a compra de novos instrumentos musicais, a Fanfarra da Escola de Educação Básica João Boos (Fanjob), de Guabiruba, realiza a primeira Noite do X-Salada. O evento ocorre nas dependências do colégio situado no coração de Guabiruba, no próximo dia 9 de março, quinta-feira, a partir das 20h. Além do lanche, no local também serão vendidos cartões de água e refrigerante.

De acordo com o maestro e dirigente da corporação, Wilson Schmidt Junior, a principal meta é angariar recursos suficientes para o pagamento de instrumentos usados que foram adquiridos no início do ano de 2017. “Além disso, queremos ter a possibilidade de, quem sabe, adquirir outros instrumentos mais sofisticados no futuro, pois, os que possuímos são antigos e muitos deles estão obsoletos (…) essa primeira Noite do X-Salada é um experimento. Dando certo, iremos fazer mais vezes”, pontua.

Os cartões de X-Salada já estão sendo comercializados pelos integrantes da banda, no preço de R$ 8. Já o copo de refrigerante (300 ml) está sendo vendido por R$ 4. A garrafa de água custa R$ 2,50. “Iremos fazer um lanche delicioso para toda a comunidade que vir nos prestigiar gostar e querer voltar”, completa Schmidt.

Sobra a Fanjob

Reestruturada no ano de 2016, a Fanfarra João Boos tem como meta ensinar música para todas as pessoas da região que queiram ter experiências coletivas e competitivas. A corporação conquistou o primeiro lugar em todos os concursos que competiu, inclusive o Campeonato Estadual de Bandas e Fanfarras na cidade de Gaspar. Resultado que classificou a banda para o Campeonato Nacional de Bandas e Fanfarras no ano de 2017. A ida da banda para o nacional, porém, dependerá da quantia de recursos levantados durante o ano.

Todos os integrantes, gestores ou alunos, são voluntários. A banda é gerida com o esforço coletivo da corporação, juntamente com a direção escolar.

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.