Unifebe Vargas Neni TEVAH

Caco Ciocler e Carmo Dalla Vecchia estarão no 2º Brusque em Cena nesta sexta-feira, 4 de setembro

Peça será apresentada no Teatro do CESCB em Brusque e terá a participação dos atores Caco Ciocler e Carmo Dalla Vecchia

Caco Ciocler e Carmo Dalla Vecchia_1

Foto: divulgação –

 
Como parte da programação do 2º BQ (en) Cena, na sexta-feira,  4 de setembro, a PrismaCultural traz para Brusque o espetáculo “CAESAR – Como Construir Um Império”, com os atores Caco Ciocler e Carmo Dalla Vecchia. A peça será apresentada no Teatro do Centro Empresarial, Social e Cultural de Brusque (CESCB) em dois horários no mesmo dia: às 19h30 e 21h.

 Além de contar com atores renomados, “Caeser” será apresentado em Brusque antes de participar de outros festivais nacionais, como o Porto Alegre em Cena, e também antes de estrear na capital paulista. “Esse espetáculo esteve recentemente em Santo André (SP), onde ficou em cartaz por cinco semanas, com todas as sessões lotadas e com ótima receptividade do público. E isso consolida, mais uma vez, um dos grandes objetivos do 2º BQ (en) Cena: de trazermos a Brusque, de forma acessível ao público, o que está sendo apresentado nos grandes centros do país”, reforça o produtor e diretor da PrismaCultural, Sérgio Valle.

CAESAR

A peça “CAESAR – Como Construir Um Império” é uma adaptação autoral do diretor Roberto Alvim a obra “Julius Caesar”, de William Shakespeare, e tem participação do filósofo, compositor e pianista Vladimir Safatle. No palco, os atores renomados e conhecidos nacionalmente, Caco Ciocler e Carmo Dalla Vecchia se revezam na interpretação dos personagens centrais da narrativa, em um procedimento cênico que traduz a ideia de que os discursos são cambiáveis em política, podendo mudar ou pertencer a qualquer homem, dependendo do lado em que se está.

“É com muita satisfação que a Prisma traz a Brusque mais esse espetáculo. É uma apresentação que vem mostrando o potencial do 2º BQ (en) Cena, com toda a sua programação, que vai até agosto de 2016, com excelentes peças. E mais uma vez esperamos ter casa lotada no dia 4, em ambas as sessão”, reforça o diretor da Prisma.

Para garantir maior comodidade nas apresentações, os ingressos antecipados já estão à venda na recepção do Centro Empresarial. O 1º lote já está esgotado para as duas sessões.  O 2º lote tem valor de R$10, e o 3º lote R$ 20.

O projeto

O 2º BQ (en)Cena, realizado pela PrismaCultural, traz para a cidade e região grandes espetáculos nacionais, bem como apresentações artísticas locais, proporcionando ao público um grande contato com o mundo das artes cênicas. A temporada contará com uma apresentação ao mês, que iniciou em agosto deste ano e vai até agosto de 2016. Ao todo, serão 30 apresentações, de sete espetáculos nacionais e dois espetáculos regionais selecionados pelo 2º Edital da Temporada, além mais três espetáculos convidados e uma Oficina/Montagem Teatral, para jovens atores ou interessados em conhecer e fazer teatro.

O 2º Edital e Temporada de Teatro em Brusque teve a parceria do Centro Empresarial, Social e Cultural de Brusque (CESCB), o patrocínio do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) e das empresas Zen, ZM, Supermercados Archer, Irmãos Fischer e apoio da Uvel Veículos, entidades e empresas que já haviam sido parceiras na realização do 1º Edital. Além disso, o projeto também conta com o apoio Cultural da Fundação Cultural de Brusque.

“Desde 2006 a Prisma vem trabalhando, junto a Fundação Cultural de Brusque, com todos os produtores locais, artistas e demais entidades, na formação de uma programação ampla para a cidade e região, oferecendo às pessoas m momento de lazer diferente, de descontração, para que as pessoas venham ao teatro e assistam peças de excelente qualidade. Por isso, convidamos todos para acompanharem a nossa programação e prestigiarem esses grandes espetáculos”, completa Valle.

A trama

Considerada como a maior peça política escrita por William Shakespeare, “Caesar”  é sua obra-prima acerca do funcionamento, do significado, das ambiguidades e sutilezas que envolvem o jogo do poder. Retrata a conspiração contra o governante romano Júlio César, seu assassinato e suas terríveis consequências. Liderados por Brutus, um grupo de senadores trama o assassinato de César. Após sua morte, Brutus profere a população um discurso que justifica o crime contra o Imperador, e é tido por todos como herói nacional. Marco Antonio, então, rebate com outro discurso que contrapõe os argumentos de Brutus, e coloca toda a população contra ele. Trava-se então uma guerra civil em Roma, sob o governo de Marco Antônio.

publicado por Anderson Vieira

com informações da assessoria de imprensa

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.