Unifebe Brusque Vargas Têxtil

Brusquenses serão homenageados com a Oderm do Merito Industrial

Os industriais Ademar Sapelli, de Brusque, Álvaro Weiss, de São Bento do Sul, Carlos Rodolfo Schneider, de Joinville, José Samuel Thiesen, de Saudades, além do governador Raimundo Colombo, receberão a Ordem do Mérito Industrial de Santa Catarina. Instituída pela Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC), a comenda é o mais alto reconhecimento da indústria do Estado. O industrial Ingo Fischer, de Brusque, receberá a Ordem do Mérito Industrial da Confederação Nacional da Indústria (CNI). A solenidade de entrega será no dia 19 de maio, às 10h30, no encerramento da Jornada Inovação e Competitividade da Indústria Catarinense, evento que a FIESC realiza de 17 a 19 de maio, em Florianópolis. O anúncio dos nomes foi feito na reunião de diretoria da Federação, nesta sexta-feira (28), em Florianópolis.

Criada em 2000, a Ordem do Mérito Industrial reconhece, por ano, até cinco personalidades ou organizações que tenham contribuído para o desenvolvimento da indústria catarinense. A Ordem do Mérito Industrial da CNI foi criada em 1958. Anualmente, no máximo dez federações industriais conseguem aprovar indicações entre as 27 do País.

Perfil dos homenageados

Ademar Sapelli: nascido em Brusque, formado em matemática e filho de um caldeirista de curtume e de uma funcionária pública municipal, Ademar fundou a empresa Sancris, em 1987, nos fundos de sua própria casa, na sua cidade natal. A empresa, inicialmente uma distribuidora de aviamentos, cresceu e hoje trabalha na produção e comercialização de linhas, fios e zíperes. A companhia tem uma carteira de aproximadamente 4,5 mil clientes, emprega mil trabalhadores em suas três unidades fabris e atende o mercado nacional e internacional. Antes de fundar a empresa, Sapelli, que é irmão gêmeo de Ademir e tem mais quatro irmãs, começou sua vida profissional como empacotador em um supermercado, depois trabalhou como almoxarife e vendedor na Irmãos Fischer. Além disso, foi representante comercial na Companhia Industrial Schlosser. Sapelli também tem forte om atuação no associativismo, integra a Associação Comercial de Brusque há 30 anos, é membro do Conselho do Hospital de Azambuja e atua em outras entidade filantrópicas.

Ademar Sapeli

Ingo Fischer: A modesta oficina de conserto de bicicletas aberta por Ingo Fischer, aos 17 anos, em 1961, se transformou em um conglomerado industrial de 150 mil metros quadrados, que gera 800 empregos. Com faturamento anual bruto superior a R$ 575 milhões, a empresa, localizada na cidade de Brusque, é líder nacional no mercado de fornos elétricos domésticos. Com espírito empreendedor, Ingo e seus irmãos Nivert, Norival, Egon e Edemar, desde cedo perceberam e aproveitaram as oportunidades que surgiram. Eles diversificaram os trabalhos na pequena oficina, até começar a produzir equipamentos para a indústria de alimentos e, mais tarde, linhas em série, levando a Irmãos Fischer ao atual portfólio de mais de 200 produtos, em linhas de eletrodomésticos, equipamentos para construção civil, bicicletas e até casas modulares de metal. Além de liderar o surgimento e o desenvolvimento da indústria, Ingo Fischer se destaca pela liderança empresarial e pelas ações sociais e comunitárias, sendo, por exemplo, provedor do Hospital Azambuja, desde 1997, entre outras atividades, além de ser vice-presidente da FIESC para o Vale do Itajaí Mirim.

 

Fotos Sr Ingo (1)

 

 

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.