Unifebe Vargas TEVAH

Advogada ganha título de melhor cuca do Brasil

II Festival Nacional da Cuca, realizado em Brusque, foi sucesso de público;

Foto: Wilson Schmidt Junior -

Foto: Wilson Schmidt Junior –

Brusque – É de uma advogada camboriuense o título da cuca mais gostosa do Brasil. Gedalva Padilha, moradora do município litorâneo, faturou, além do pódio, a quantia de R$ 2000 para gastar como bem entender. A premiação ocorreu no fim de tarde deste domingo (16), no II Festinal Nacional da Cuca, ocorrido na cidade de Brusque neste final de semana. Segundo Padilha, a sua receita de Cuca de Abacaxi com Hortelã ganha na criatividade, por se utilizar de ingredientes pouco usuais quando se trata do alimento de origem germânica.

Apesar disso, ela soube manter a tradição usando ingredientes comuns às receitas mais compradas nos mercados e confeitarias. “Eu usei na massa suco de laranja e raspas de limão siciliano, eu usei Halls preto para trazer um elemento mentolado. Isto, porque a cuca, na verdade, é uma inspiração do suco de abacaxi com hortelã e o hortelã sozinho não traria toda a refrescância da receita. Baseado nisso eu preferi usar o Halls que é um elemento açucarado que diminui a quantidade de açúcar. O abacaxi eu mesmo fiz a calda. Também usei uma camada de merengue e fiz a farofa da cuca”, explicou a vencedora para a reportagem de Olhar do Vale (ODV).

Gedalva nunca tinha participado de um evento semelhante. E ela já começou sendo vencedora do Festival Nacional da Cuca, o que lhe garantiu o título da criadora da cuca mais suculenta do país. “O sentimento é de realização. Quando eu cozinho eu coloco todo o amor que tenho nas produções. Eu fiquei muito contente, muito feliz com essa premiação”, finalizou.

Em segundo lugar ficou Darlin Maik Carbonera, de Joinville (SC), enquanto a terceira colocação ficou em Brusque mesmo, com Rosana Albrecht de Souza.

O evento

O Festival Nacional da Cuca, edição 2015, foi uma realização da Secretaria de Turismo da Prefeitura de Brusque, em parceria com o núcleo de Panificadoras da Associação Comercial e Industrial de Brusque e Região (Acibr). De acordo com Wanderlei Hassmann, presidente do núcleo, há de se ressaltar a parceria pública com o setor privado. “Eu acho que essa é a solução. Uma mão lava a outra. O Poder Público tem o acesso, Privado tem outro. Então juntamos os dois numa garantia de sucesso”.

Bóca Cunha, Secretário de Turismo, também se mostrou satisfeito. “Gostamos da presença do público e parabenizamos todos que estiveram envolvido na organização deste evento”.

por Wilson Schmidt Junior

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.